quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Pelo fim dos jogos às 21h50.

Mais uma vez, o ABC jogou as 21h50 de uma terça-feira nesta Série B. Com a chuva então,  ficou a impressão que mesmo que o jogo fosse a portões abertos, creio que o público seria o mesmo, sem tirar nem por.

Por mais que discordem, mantenho meu posicionamento de que esses jogos agendados para as 21h50 são determinantes para afastar o público dos estádios.

Infelizmente a diretoria do ABC (e dos restantes dos clubes do Brasil) não tem força ou disposição para gritar contra o horário. Prefere tomar no rabo, prefere sacrificar a presença de público no Frasqueirão e se contentar com o cala-a-boca da cota de TV.

Portanto, se dependermos dos dirigentes que estão aí, a globo/cbf pode marcar jogos às 4 da manhã (acreditem, essa ideia está na mesa da cbf para atender os interesses do mercado asiático) que não vai haver protesto algum.

Qual seria a saída então?

Fazer um movimento para que conste no Estatuto do torcedor um dispositivo legal que delimite os horários dos eventos esportivos, de modo que os jogos de futebol ou de outro esporte só possam ter início, digamos, no intervalo que vai das 07h30 às 20h30. E em caso de descumprimento, a entidade promotora seria multada de maneira absurda.

Dirão vocês que é impossível. Assim como era impossível a aprovação do Projeto de Lei que delimita em 04 anos o mandato dos dirigentes esportivos, e anteontem essa vitória foi obtida em um primeiro momento, apesar do lobby da cbf e da bancada da bola.

Na década de 90 a CNBB colheu 1 milhão de assinaturas para pressionar o Congresso a aprovar a lei 9.840, que tipificou o abuso do poder econômico nas eleições.

Se houver mobilização popular e acima de tudo articulação dos torcedores com os parlamentares, é possível sim levarmos  e quem sabe aprovarmos um projeto de lei para acabar com esses horários que estão matando o essencial do futebol, ou seja, a presença do torcedor no estádio.

Gustavo Lucena

Acessem:

4 comentários:

Breno Cardoso disse...

Jogos às 21:50 infelizmente é um dos artifícios da Globo para deixar os times mais dependentes das esmolas das cotas de Tv da Série B... Sem muito público nos estádios, os times ficam cada vez mais dependentes

diegoivan1982 disse...

Parece que eu estou lendo um texto de uns 3 a 4 anos passados. Infelizmente Gustavo, o futebol Brasileiro é pobre e sem representatividade. Seremos reféns do império do mal até quando o futebol der audiência.

Renato disse...

Impossível amigo! toda semana temos jogos nesse horário na série A e não seria por causa de um esperneio do ABC que isso iria mudar. vem de cima pra baixo, infelizmente!


Renato

Breno Cardoso disse...

tenho certeza que não é somente o ABC que é incomodado com esses horários de jogos