domingo, 10 de junho de 2012

Treinar com um, joga com outro e mais um morto vivo

O ABC viajou até Fortaleza e perdeu para o Ceará por 4 a 2, com gols de Raul e Adriano para o ABC. Pará o Ceará marcaram Mota duas vezes, Luizão e Romário. O ABC está agora na 13ª posição com 5 pontos.

Como é que Márcio Goiano treina a semana toda com uma formação tática e na hora do vamos ver joga de outra maneira?

Passa a semana toda ensaiando o 4-5-1 e na hora do jogo lança o 4-4-2 com três volantes, que fracassou contra o São Caetano. Passa de um time com Bileu, Henik, Erivelto, Jersom e Raul, e vai para Bileu, Henik, Guto e Raul. O que aconteceu?

O ABC perdido em campo fingindo estar atacando. O grande reforço Anderson Costa deu seu primeiro chute ao gol aos 38 minutos do 2º tempo. Como é que o ABC contrata uma murrinha dessas?

Os laterais acusando a falta de condicionamento físico, ou seja, sem conseguir atacar e defender. Mais uma vez o time apenas tentou pela meia cancha, e por ali, nem os Harlem Globetrotters. Se não bastasse isso, cadê os laterais reservas? Que eu saiba Airton, Murilo, Alexandre e Edson estavam a disposição do treinador. O time entra com dois jogadores, em posições que exigem do físico, sem reservas para a posição.

O que mais assustou no jogo de agora a pouco foi ver que o Ceará, até então lanterna da competição, venceu o ABC chupando laranja. Não vi em nenhum momento os alencarinos jogando no limite de seu futebol. Muito em função da indolência e da falta de qualidade do futebol ABCdista.

Vou encerrar, nada do que diga sobre essa pálida apresentação ABCdista conseguirá reproduzir a minha decepção com o que vi nem meu temor sobre o futuro do time na competição. Amanhã escreverei.   

O ABC volta a campo no próximo sábado, no Frasqueirão, onde receberá o CRB as 16:20hs.

Ficha Técnica

Estádio: Presidente Vargas, Ceará/CE.

Árbitro: Jailson Macêdo Freitas (BA)
Assistente 1: Adailton José de Jesus Silva (BA)
Assistente 2: José Carlos Oliveira dos Santos (BA)
4º árbitro: Gleysto Gonçalves da Silva (CE)

Ceará(4): Fernando Henrique, Apodi, Luizão(1), Daniel Marques e Eusébio; Jardel, Everton, Robston(Tinga) e Rogerinho; Mota(2) e Romário(1). Técnico: Paulo César Gusmão.

ABC(2): Andrey, Pedro Silva, Flávio Boaventura(Alisson), Eduardo e Renatinho Potiguar(Washington); Bileu, Henik, Guto(Jerson) e Raul(1);  Adriano(1) e Anderson Costa. Técnico: Márcio Goiano.

2 comentários:

Edilson disse...

Seguindo sua trajetória de “ressuscitador dos mortos” nosso Abc conseguiu mais uma excelente façanha ontem na capital alencarina. Primeiro conseguimos o impossível ao perdermos o estadual quando já tínhamos ganhado, depois demos uma sobrevida ao Joinvile que era lanterna quando nos enfrentou e hoje é o quinto colocado, depois perdemos em casa para o São Caetano que estava mal das pernas e hoje é o sexto, agora perdemos para o Ceará que estava em crise com a torcida toda pressionando e agora estão em festa.

BLOG DO MÚRCIO - http://edmurcio.zip.net/

Anônimo disse...

rapaz,temos que fazer algo e tirar f.a,ricardo morais e r.g. dali,pensei que nunca fosse dizer isso,mais

volta judassssssssssssssss