domingo, 3 de julho de 2011

Um domingo de fúria

Em razão do aniversário da minha mãe, não fui ao Frasqueirão.

Fui poupado da raiva de saber que Victor Hugo mais uma vez foi cortado.

Porém, vi o 2º tempo e tive raiva logo de cara com o gol de empate do Criciúma aos 16 seg.

E o ABC jogou muito mal.

Alessandro Lopes dando um show de horrores.

E Leandro Campos ainda me deu um tapa na cara ao colocar MALAquias no lugar de Bombinha, mesmo tendo Éderson a disposição.

E meu domingo só não está mais raivoso justamente porque não fui ao Frasqueirão ter raiva e correr risco de vida por conta de jogadores fracos que são prestigiados pelo treinador.

Gustavo Lucena

4 comentários:

RoH disse...

Já ta dando preguiça de ver o abc jogar , esse tecnico insiste em deixar victor hugo de fora aff, já já o victoor sai do abc , quem devia sair é esse tecnico .

Anônimo disse...

O mais feio de tudo foi ver um babão de Flávio Anselmo querendo sair na porrada com um torcedor que estava criticando as contratações em campo. O flavete ficou puto e começou a discutir. Alguém precisa avisar as flavetes que a crítica e normal.

Paulo César Neto da TGA.

Anônimo disse...

Jogão da porra, para o Criciúma, sorte do meu ABC e as duas bilocas na trave.

Anônimo disse...

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.

Tem mais flavetes do que estrelas no céu.