segunda-feira, 4 de abril de 2011

Novas cadeiras são um fiasco de publico

O ABC finalmente, como haviam prometido, instalou cadeiras nas laterais do modulo 1. Além disso, bloqueou o acesso do restante do Estádio aos torcedores que compraram ingressos de arquibancada. 

Fiz questão de após ter sido obrigado a deixar a arquibancada do Modulo 1, local onde assistia os jogos do ABC, de ir para o Modulo 2. Onde assisti aos últimos dois jogos. A intensão era registrar a frequência de publico nas novas cadeiras instaladas no modulo 1.
Jogo ABC 0 x 0 Vasco
Jogo ABC 1 x 0 América
Como eu já argumentava em textos anteriores, essa situação no modulo 1 tinha que ser melhor estudada. Como atestam os registros dos dois últimos jogos do ABC, todo esse investimento pode ter sido um grande tiro n’agua. A presença de publico ali foi um completo fiasco e promete ser pior daqui pra frente.

Em flyers divulgados nestas duas partidas, o ABC informa que as cadeiras descobertas custarão o mesmo que cadeiras cobertas. No caso R$80,00 por jogo. Para o sócio Mais Querido o acesso aquele setor será de R$100,00 por mês. Também é proibido o acesso do torcedor comum aos bares e instalações sanitárias localizadas no modulo1.

Um preço realmente muito distante da Frasqueira. O que resulta em um setor completamente vazio. 

Acho que cabe uma explicação da Vice-presidência de marketing, a administração do Estádio, assessoria de imprensa e os gestores do programa Sócio Mais querido. 

Será que a intensão é afastar qualquer possibilidade do torcedor comum utilizar aqueles setores do Estádio? Os preços cobrados são altíssimos.

Não há uma possibilidade de ser criar um alternativa? Tanto no acesso a parte interna do modulo 1, quanto nova modalidade de sócio Mais Querido.

O fato é que com essa modificação o ABC reduziu a capacidade de publico em seu Estádio, já que os valores que serão praticados nas laterais do modulo 1 são no mínimo abusivos ao torcedor.

O torcedor do ABC está sangrando e cada vez sangra mais para seguir o seu time. Principalmente por que tudo que se faz hoje em relação ao torcedor é visando tirar cada vez mais dinheiro dele. Nunca com um benéfico real. Sempre com promessas que se mostram vazias com o passar do tempo. Este torcedor que acompanha o time na maioria dos jogos está chegando num limite financeiro. Muitos já não vão ao Frasqueirão.

9 comentários:

Anônimo disse...

us k do abc so gostha de elogio, tu se lig se nau os k vao fikar puto com tu

Anônimo disse...

Eu acho que deveriam ter colocado as cadeiras em um lado só. Quando tivessem vendido quase todas, se ampliaria para o outro lado. Assim que acabar o ano do meu contrato de sócio torcedor eu vou passar para o plano das cadeiras.

Abraços alvinegros,
Bruno.

Paulo Trigueiro (@pectrigueiro) disse...

Creio que você tem razão quanto a mancada da direção alvinegra com relação a retirada dos torcedores da melhor área de arquibancadas do estádio Maria Lamas Farache, o Frasqueirão, pois naquele local a ficavamos na sombra, próximo aos banheiros e a melhor área de alimentaçãodo estádio, além de ser bem ventilada e seus frequentadores eram mais calmos e ficavam sentados durante, praticamente, toda a partida.
Desde a inauguração do estádio, em janeiro de 2006, eu frequentava com minha famíla as arquibancadas do módulo 1, próximo ao portão C. Também ficou mais espaço para a torcida visitante, que agora irá ficar em todo módulo 3, bem maior que o espaço anterior, próximo ao portão A e o sacrifício feito por um bom número de torcedores para construção do nosso estádio nunca passou pela cabeça em um dia proporcionar mais conforto para torcida adversária.
A direção do ABC deveria antes de tirar os torcedores daqueles locais, ter feito mudanças de um lado e depois de analisar o resultado então faria do outro lado, mas tudo com mais respeito ao seu torcedor, que na maioria aceitou o desafio de ser chamado de Sócio, nas diversas modalidades de sócio.
Ainda creio que a direção do Mais Querido poderá consertar esse erro, não sei como, mas ainda creio que poderei voltar ao local que antes vibrava com as vitóiras do alvinegro.

fernando disse...

Concordo com voce em relação a colocação das cadeiras e da proibição dos demais torcedores de frequentar o modulo 1.deveria ser melhor pensado. em relação ao torcedor esta se afastando porque não pode pagar ingresso eu discordo. tem modalidade de socio para todos os bolsos e se o torcedor não pode pagar R$ 15,00 + meia entrada ou R$ 40,00 pra ser socio,paciencia. infelizmente futebol é muito caro.

Diego Ivan disse...

Fernando e Paulo

O afastamento do torcedor é simples de se explicar. Quando se colocava 12.000 ingressos de arquibancada e hoje se coloca 10.000, 2.000 pessoas com poder aquisitivo menor deixaram de ir ao Estadio.

Entenderam?

Por que depois eles podem retalhar outros setores do Frasqueirão, mas sempre com ingressos acima do que já é praticado.

Isso é exclusão do povão, e o ABC é povão até o ultimo fio de cabelo.

Abraço!!!

Gustavo Lucena disse...

Era até aceitável q se colocasse as cadeiras, porém, acho que tal medida foi deveras precipitada.

Deveriam primeiramente ter ampliado a cobertura do M-1 e os próprios camarotes.

Com isso, a tendência é que as novas cadeiras só consigam ser vendidas quando a cobertura vier.

A tendência é que elas vão ficar vazias por um bom tempo, salvo se a diretoria vendê-las por preços bem promocionais.

Gustavo Lucena disse...

Só mais um detalhe q me esqueci de falar:

E os corredores do Módulo 1 propostos aqui por Diego Ivan?

Estava conversando com o dono da Reis Magos após o jogo contra o Vasco e ele se queixou de que os lucros dos bares do M1 (que são os melhores) poderiam ter sido maiores caso os torcedores dos demais módulos tivessem acesso.

Enfim, ao que parece o Frasqueirão sempre precisará de reparos e detalhes a serem aprimorados e espero que não nos queiram censurar.

MARCELO ANTONIO OLIVEIRA DE ALMEIDA disse...

CONCORDO COM VC. O ABC NÃO ERA PARA TER COLOCADO ESSAS CADEIRAS, E SIM EM PENSAR DE AMPLIAR OS MÓDULOS, FECHANDO OS ESPAÇOS VAZIOS OU AMPLIANDO A MAIOR PARTE QUE CONCENTRA OS VERDADEIROS TORCEDORES DO ABC, QUE NA CHUVA OU NO SOL, PAGAM O SEU INGRESSO E COMO PRÊMIO PERDE O SEU ESPAÇO, PARA ALGUMAS PESSOAS QUE QUASE SEMPRE VÃO AO JOGO ESPORATICAMENTE.

Anônimo disse...

Gosto muito do seu blog, mas este seu comentaio mostra que vc entende de arena esportiva o mesmo que um advogado entende de cirurgia cardiaca. Um abraco de seu leitor