quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A arte de dar um tiro no pé

Sei não... Tem certas coisas que só acontecem ao ABC... 

Essa frase é emprestada do Botafogo, mas certamente os Botafoguenses não reclamarão direitos autorais. 

O ABC passou 95 anos para ganhar um titulo de expressão Nacional, mas parece que alguns Alvinegros tem vergonha de comemorar. Não sei se é pudor excessivo, mas alguns ficaram incomodados de ver no escudo fartamente estrelado do ABC, mais uma estrela dourada representando o Campeonato Brasileiro de 2010. 

O Conselho Deliberativo se reuniu... Além de assuntos administrativos, esteve em pauta a colocação da estrela acima, abaixo, ou dentro do escudo Alvinegro. Mais uma representação, de mais um titulo do Mais Querido. 

Certamente um virginal escoteiro, com o manual de escotismo na mão, sugeriu uma estrela de bronze, afinal seria embaraçoso o ABC utilizar uma estrela dourada por VENCER um torneio da Série C. Os Conselheiros, a maioria dos presentes, aprovaram a inserção de uma estrela de bronze. Ficando para a torcida a escolha do design do escudo. 

Em minha modesta opinião. Opinião de um mero Sócio, o ABC deu um belo tiro no pé. Certamente deu farta munição aos seus contestadores. Sem a menor duvida conseguiu se depreciar perante a torcida. Basta ver a repercussão negativa nas redes sociais, nas rodas de amigos e nas ruas. 

Ora minha gente... É Campeão!!! É Campeão!!! É Campeão!!! Alô Deus, a Frasqueira te agradece senhor!!! Ainda escuto o grito da torcida.

Onde já se viu estrelas vitoriosas de outra cor que não dourada? 

Alguns dirão certamente, que a cor da estrela pouco importante. Dirão também que a torcida espera ser Campeã da Série A, por isso somente se isso acontecer adicionará uma estrela dourada. Tomara que isso aconteça, mas o fato concreto é que em 2010 o ABC se tornou Campeão Brasileiro da Série C. Será que ninguém percebeu a obvio preconceito para com esse titulo? 

A gloria Olímpica sempre foi representada pelo ramo de oliveira. Modernamente a gloria esportiva é representada pelo dourado, pelo ouro. Por que então não ter utilizado o dourado dos vitoriosos para representar o principal titulo do Clube. Será que o ABC ganhou, mas não ganhou?

Certamente um titulo é tremendamente importante, qualquer que seja ele. O ABC podia ter decidido não adicionar nada em seu escudo, mas a decisão da estrela de bronze, somente depreciou o maior titulo do meu Clube do coração. 

Confesso que me penalizo por não ter ido a essa reunião. Fiquei num pê e noutro pra ir. Certamente teria pedido a palavra, mesmo sabendo que como Sócio, não poderia adentrar a reunião do Conselho Deliberativo.

Ainda dá tempo pra reverter. O Presidente Rubens Guilherme e o Presidente do Conselho Deliberativo Ives Bezerra, certamente irão ouvir muitas e boas de muita gente, inclusive de mim. Não seria má ideia convocar uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, ou colocar em pauta numa Assembleia Geral, onde os Sócio teriam vez e voto para decidir.

Mal arrumado como está é pior.

10 comentários:

Black Ace disse...

Se for esperar ser campeão da série A pra colocar uma golden star no escudo, então meus netos, talvez, tenham esta sensação.
Não sou amebiano pra sofrer do mal da prepotencia e arrogancia. Classificar-se pra uma série A e ser campeão da B, são plausíveis, porém ganhar o brasileirão é sonhar demais.

Tiro de 30mm no pé com certeza.

Gibson Azevedo disse...

Eu só aceito uma estrela que não seja doirada, se for a amada "estrela solitária" do meu querido Botafogo. Por falar no Fogão, lembrem-se que, realmente, certas coisas só acontecem com este grande alvinegro. Com outros, não!
Valeu Diego, insista na colocação de uma estrela de vergonha - patrimônio do ABC - no escudo da agremiação do seu coração. Vamos acabar com essas mesquinharias e com o complexo de cachorro vira-latas!...

MÚSICA F. C. ! A VOZ DAS ARQUIBANCADAS. disse...

Não existe mais TAÇA de PRATA e TAÇA de OURO. Existiu Taça de Bronze ? Acho que nunca.

Respeito muito o Dr. Augusto Azevedo, mas acho que a estrela tem que ser dourada.

Sou democrático, aceito opiniões contrárias, mas é hora de bordar uma estrela dourada.

Até a próxima

José Leonardo

Anônimo disse...

É uma viagem do karalho não colocar uma estrela dourada. Porra, será que vamos ficar com um complexo de vira-lata com dizia Nelson Rodrigues?

É uma viagem do karalho não colocar uma estrela dourada. Porra, será que vamos ficar com um complexo de vira-lata com dizia Nelson Rodrigues?

Anônimo disse...

você deveria primeiro era participar mais intensamente nas reuniões, pois é muito fácil falar despois.

Diego Ivan disse...

Para o segundo anonimo... (Assine a postagem)

Amigo, caso você não saiba, mesmo que quisesse, mesmo que eu estivesse lá, não poderia participar da reunião.

As reuniões do Conselho Deliberativo são apenas do Conselho, os não conselheiros ficam fora até do auditório.

Os Sócios podem participar apenas da Assembleia Geral.

Antes de cobrar alguma coisa, se informe dos procedimentos.

Eu até quis ir, mas acabou que não fui por estar cansado do trampo.

Gustavo Lucena disse...

Minha ordinária opinião:

Num primeiro momento a estrela tem que ser dourada, afinal é a nossa primeira conquista nacional.

Se no futuro o ABC vier a conquistar outro título nacional (Série A, Série B, Copa do Brasil) ou até mesmo internacional (Mundial, Libertadores ou Sul-Americana), faz-se novas reuniões p/ discutir a atualização das estrelas, dando-lhes novas qualificações (prata, bronze, diamante, ametista, carvalho, o escambau).

Pedro Augusto www.seridopintadocompalavras.blogspot.com disse...

Entendo que a decisão de colocar uma estrela de bronze no escudo do ABC foi um total despropósito. A mais absurda e absoluta falta de bom senso. Essa estrela deveria ser colocada, só que na cor dourada. Somos CAMPEÕES BRASILEIROS e não, terceiros lugares. Caso futuramente vinhéssimos a conquistar outras categorias mais importantes, como a série A e B, então era só mudar a localização ou o tamanho das estrelas. Jamais a sua cor.

As medalhas recebidas pela equipe campeã brasileira, são de bronze? Claro que não. Então não podemos cometer o sacrilégio de reduzir a significância dessa conquista tão relevante para o futebol do RN, representando-a em cores de menor nobreza. Comete-se um atentado ao mais importante título da história do ABC - e por que não dizer, do futebol potiguar - ao se colocar uma estrela que mais parece uma pecha de desprezo.

Para manter a coerência, então teríamos que mudar a cor de três, das quatro estrelas de cima do nosso escudo, já que não simbolizam títulos das categorias principais do campeonato estadual 54. Correspondem aos títulos das categorias infantil, juvenil e aspirante, além da categoria principal.

Creio que foi uma decisão muito pouco sensata, porém ainda há tempo para ser repensada.

Frasqueira do ABC disse...

"Num primeiro momento a estrela tem que ser dourada, afinal é a nossa primeira conquista nacional.

Se no futuro o ABC vier a conquistar outro título nacional (Série A, Série B, Copa do Brasil) ou até mesmo internacional (Mundial, Libertadores ou Sul-Americana), faz-se novas reuniões p/ discutir a atualização das estrelas, dando-lhes novas qualificações (prata, bronze, diamante, ametista, carvalho, o escambau)."

Onde tem escrito isso?
Onde diz que o ABC deve colocar uma estrela dourada?
Porque colocar uma estrela de bronze desmoraliza o titulo?
Onde estão setadas as diretrizes sobre colocação de estrela em camisa?
Mas eu entendo. Fim de ano é assim. Falta futebol e sobrem pequenas picuinhas para sempre criadas.
Isto é apenas um simbolismo, é simbólico. Não muda nada.
O título está aí e a taça está no clube.

Gibson Azevedo disse...

Qué, qué isto Frasqueira do ABC? Então, na vossa querida e abalizada opinião, simbolismo não representa nada, não? Pra vocês até uma estrela de lata vos satisfariam? Ora! Ponham-se daqui pra fora, seus fuleiros!
Vão depreciar a imagem do mais querido noutro quintal, ôôô Demência!...