segunda-feira, 14 de junho de 2010

Copa do Mundo #33

Um empate esperado, já que tradicionalmente Italianos e Paraguaios não empolgam pelo talento. 

Na partida o Paraguai jogou de maneira cautelosa, desfalcado dos seus principais atacantes, Cardoso e Santa Cruz. Nem de longe foi aquela equipe que causou espanto durante as eliminatórias, quando venceu todos os grandes em casa e roubou pontos de quase todos. 

A Itália se mostrou sem imaginação, a convocação do técnico Marcelo Lippi foi extremamente conservadora, tornando a Azurra um time comum. Ficaram de fora jogadores como Francesco Totti e Mario Balloteli, jogadores que poderiam modificar o estilo Italiano.

A Itália é o típico time que domina a posse de bola mas não ofende ninguém. No primeiro tempo, em alguns momentos teve o dobro em relação ao Paraguai, mas não chutou ao gol. Na única oportunidade o Paraguai abriu o marcador. O fato negativo foi a contusão do goleiro Buffon, devendo ficar de fora por algum tempo.

No segundo tempo a Itália só marcou após erro do goleiro adversário, que não cortou um cruzamento. Se não fosse o erro, o Paraguai venceria.

Somente um desastre imenso podem tirar essas duas Seleções da próxima fase, já que os outros times do grupo são Nova Zelândia e Eslováquia, fraquinhas como alguns que já vimos nesse Mundial.

Ficha Técnica

Italia(1): Buffon (Marchetti), Zambrotta, Cannavaro, Chiellini e Criscito; De Rossi(1), Montolivo e Marchisio (Camoranesi); Simone Pepe, Iaquinta e Gilardino (Di Natale). Técnico: Marcelo Lippi.

Paraguai(1): Villar, Bonet, Alcaráz(1), Paulo da Silva e Morél Rodriguéz; Vera, Victor Cáceres, Cristian Riveros e Aureliano Torres (Jonathan Santana); Nelson Haedo (Roque Santa Cruz) e Lucas Barrios (Cardozo). Técnico: Gerrardo Martino.

Photobucket

Nenhum comentário: