segunda-feira, 8 de março de 2010

Caso Ben-Hur: A Versão da Diretoria

O diretor de futebol do ABC FC, Flávio Anselmo, esclareceu agora a pouca na 98 FM a situação de Ben-Hur.

Segundo o diretor, Ben-Hur estava segurado pelo INSS até início de fevereiro. Esperava-se que, ao final do prazo, o atleta sentasse com a diretoria e discutisse as bases de um novo contrato que duraria 90 dias, ou seja, até o fim de abril.

Acontece que o INSS prorrogou até março o prazo em que o zagueiro ficaria assegurado. E somente a partir daí é que o atleta estaria livre para assinar.

Porém como a legislação exige um contrato com no mínimo 90 dias, a situação se complica pelo fato de que, no momento em que Ben-Hur assinasse esse tipo de contrato, ele se estenderia até junho, e as atividades profissionais do ABC somente irá até o fim de abril, ficando suspensas até meados de junho, quando o elenco se apresentará para a pré-temporada visando a Série C. É aí que o bicho está pegando.

Na minha opinião o melhor é assinar com ele até o fim da Série C.

Creio eu que é até um ato não muito inteligente disponibilizar as instalações do clube para o atleta se recuperar e quando o mesmo ficar bem não ser aproveitado.

Menos mal que o referido diretor sabe que o atleta tem um amplo apoio da torcida e que uma possível dispensa do atleta poderá queimar ainda mais o seu filme.

Gustavo Lucena

papoalvinegro@gmail.com

12 comentários:

Anônimo disse...

Estou na casa do meu irmão, torcedor fanático do ABC. Eu acho a pessoa tem que ser muito inocente para acreditar no que a diretoria do ABC tá dizendo.

A verdade é que o ABC não quer mais Ben-Hur, apenas eles estão preocupados com a reação da torcida do ABC.

Preocupados por que o ABC foi mal no primeiro turno e agora a torcida está indignada.

O ABC está construindo a saída de Ben-Hur.

Não estou sozinho nessa opinião.

Vicente Prudêncio disse...

Amigo, onde é que Ben Hur vale R$ 16 mil? Sou a favor da permanência de Ben Hur, desde que com um salário do tamanho do seu futebol. Ben Hur não vale R$ 5 mil, sejamos realistas...

fernando disse...

sou leitor desse blog por achar que ele é um dos poucos com vida inteligente. e aqui vai uma critica construtiva em relaçao ao gustavo lucena. eu o acho muito bem articulado, so que o amigo esta perdendo o foco com esse tipo de post. esse tipo de assunto não nos remete a nada. criar celeumas com esse ou aquele dirigente por causa da renovação de contrato de jogador que a muito não é mais o mesmo não nos leva a lugar algum. esse tipo de celeuma fica pra gente que a bem pouco tempo deichou as tetas do clube e se deus quizer nunca mais voltara! esse forum de debates na minha opiniao deve ser usado para informar e debater o futuro da instituiçao, pressionar a diretoria para que o socio torcedor tambem tenha voz e voto seria uma forma de modernizar e torna o clube mais democratico. vai ai uma sugestao.

Paulo disse...

Caro Gustavo
Qualquer jogador é digno de seu salário. Ben Hur e outrosr ganharam seus salários mês a mês, com alguns atrasos, mas o clube não deixou de fazer a sua parte.
Agora, pedir para renovar um contrado tendo como base o trabalho já realizado e pago pelo clube é um tanto nostálgico, pois o jogador é antes de tudo um profissional. Ainda não vi mais que uma mão de jogadores atuais fazendo quaisquer sacrifício financeiro por um clube. Bem Hur fez a sua parte no ABC, foi um bom jogador, esforçado, etc, mas não sei até que ponto posso pedir um sacrifício da diretoria atual do clube para mantê-lo sem condições financeiras, pois o ABC, vou exagerar, passa por um momento mui difícil de caixa.
Vamos dar crédito a essa diretoria, deixando para eles resolverem mais esse problema ABC - Ben Hur.
Abraços alvinegros.

Anônimo disse...

Não sou anônimo, meu nome é Pedro César, moro em Nova Descoberta.

Você pode até mandar Ben-Hur embora, mas não pode DEIXAR DE SER HOMEM e DIZER NA CARA. O ABC não quer mais Ben-Hur, mas falta dizer isso na cara.

O técnico tem direito de não querer Ben-Hur, mas o ABC TEM QUE DIZER ISSO NA CARA.

Escantear Be-Hur mandando ele treinar em separado o ABC já fez com Tiago Gaúcho , Tales e Cauê. Esses 3 não tinha histório no clube, mas BEN-HUR TEM e o ABC não podia fazer isso.

skaeser disse...

A questão é profissional.
Não existe esta coisa de ser ou não injusto.
Não é mais necessário, Beijo e abraço.

Anônimo disse...

Voltei.

A questão é profissional e por ser profissional é só dizer na cara que não quer mais Ben-Hur, mas o ABC tá querendo que a iniciativa seja de Ben-Hur. O cara se machucou em treino e o advogado Felipe Augusto já falou o que isso significa.

Não existe esta coisa de ser ou não injusto realmente, mas falta dizer na cara quec não se quer mais Ben-Hur.

Não é mais necessário, Beijo e abraço, mas falta dizer na cara isso.

Não sou anônimo, meu nome é Pedro César, moro em Nova Descoberta.

Anônimo disse...

O ADVOGADO Felipe Augusto está no papel de defender os seus interesses tentando conquistar mais um cliente.

Oq ele fala não é necessariamente o justo, não é a lei, ou o correto.

Oq ele fala é somente a melhor forma dele obter VANTAGEM, E GANHAR SEU PÃO DE CADA DIA.

Diego Ivan disse...

Amigos, temos que avaliar o desempenho de Ben-Hur atualmente, que é? Nenhum, ele não vem jogando, esta se recuperando de lesão no joelho. Dizer que ele seria uma boa para a defesa do ABC é no mínimo dar um tiro no escuro, afinal de contas ele não vinha jogando.

Além disso duas situações afastam cada vez mais o Ben-Hur, o salário que parece ainda não ter entrado em pauta, e o período da Copa do Mundo sem futebol.

Se o ABC deve a ele, se ele fez sacrifícios para permanecer no ABC, lamentavelmente a época do romantismo no futebol acabou. E mesmo naquela época acontecia cada barbaridade, que não é bom nem lembrar. O ABC deve quitar a sua divida, agradecer o empenho e ambos partirem para outra.

Mesmo assim, se houvesse a qualquer certeza do seu retorno em alto nível, no mesmo nível de 2007, eu também faria coro. O que eu não entendo é essa festa toda por um jogador que não tem desempenho garantido.

Quem quiser que ver o que eu penso leia o texto "O ídolo ou o atleta?":

http://papoalvinegro.blogspot.com/2010/02/o-idolo-ou-o-atleta.html

Abraço!!!

Anônimo disse...

Tiro no escuro foram as 10, 12 contratações de Flávio Anselmo. Yamada, Cuiba e mais um bocado.

Ben-Hur é uma aposta que pode dar certo ou não.

Vou bota o cabeção pra funciona e dizer os 12 de flavio anselmo que foi tiro no escuro.

Yamada escuro pra cacete.

Diego Ivan disse...

Ultimo anônimo.

Você está certo,, F. Anselmo deu vários tiros no escuro, concordo com você.

Daria mais um, ao contratar um jogador recem operado no joelho. Como avaliar o futebol de Ben-Hur, se ele vem de uma recuperação de 6 meses. Além disso tem 33 anos.

Acho que você tem razão, não seria um tiro no escuro, seria uma quase certeza de não dar certo.

Abraço!!!

HOMI ASSINE ESSA PORRA!!!

José disse...

Na minha opinião essa novela esta longa d+.
Chega...
Gostei da zaga no segundo tempo do amistoso,foi infinitamente melhor do que a do primeiro tempo. Prefiro acreditar numa nova promessa na zaga.