segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Relembrar é viver

Vejam aí os dois posts que eu publiquei sobre as eleições do ABC em 2006, vejam que a coisa é mais complicada do que parece, e que nem tudo é o que parece. Os personagens são os mesmos, até por que apenas três anos se passaram, mas a dinâmica eleitoral alvinegra não muda com o passar dos anos.

Leiam esse texto dos primórdios do Blog e diga se alguma coisa mudou, talvez só os meus cabelos.

 segunda-feira, 21 de agosto de 2006


Quem foi que disse que o Presidente Judas Tadeu Gurgel tem que ser candidato mais uma vez, eu não sei quem, olhe eu sou daqueles que acha que se o presidente do ABC F.C. acha que tem condições de assumir o ABC pela 4ª vez consecutiva, tudo bem, mas se essa é uma imposição de seus asseclas, isso é um desrespeito com todos aqueles que fazem o ABC.

Essa historia de reeleição vem conturbada desde o inicio, o Presidente Judas vem demonstrando desde o inicio do processo que não tem mais, paciência para ditar os rumos do ABC, talvez por isso seu ex Vice-Presidente Fernando Suassuna apresentou seu nome a Judas como possível candidato a Presidência do Mais Querido. Segundo o Promotor e Conselheiro do ABC Augusto Azevedo em entrevista concedida ao programa Momento Esportivo da Tv União, ele afirmou  que Judas Tadeu recebeu a Proposta de Suassuna, ele teria aceitado a idéia de inverter a chapa, Suassuna sairia candidato a Presidência e Tadeu sairia candidato a Vice na mesma chapa, mas por motivo de força maior, ninguém sabe por que, Judas Tadeu decidiu sair candidato a Presidência mais uma vez, deixando Suassuna irritado. Tendo inicio assim há uma campanha dentro do ABC.

O fato é que se houver um racha nessa eleição, o prejudicado vai ser sem a menor sombra de duvidas o ABC F.C.. Seguindo a lebre apontada pelo Conselheiro Augusto Azevedo e vendo o manifesto feito pelo vice-presidente de Marketing e Comunicação Ricardo Rocha durante a apresentação da candidatura do atual presidente, Judas Tadeu Gurgel, talvez tenhamos idéia de quem possa estar por traz articulando essa malfadada intriga, apesar de sua inexpressiva atuação como vice-presidente de Marketing e Comunicação.

Temos que ter em mente que quanto menos pessoas estão em torno do ABC menos força ele terá no futuro. A busca pela união tem que ser a bandeira nesse momento.

E que a Imprensa Vermelha saia de perto e não perturbe.

Amigos sempre de olho! 

terça-feira, 22 de agosto de 2006


Será realmente que foi melhor para o ABC essa união entre o presidente Judas Tadeu e Fernando Suassuna, na minha modesta opinião, foi mais um capitulo dos desmandos recentes que esse grupo está promovendo a frente do Mais Querido.

Realmente é uma coisa de deixar todo o mundo Alvinegro muito triste. Se pelo menos Fernando Suassuna desistisse da candidatura por sentir que não conseguiria ter votos suficientes do conselho, mas o que aconteceu foi mais um arrumadinho dessa diretoria, que monta times fracos a pretexto de construir um estádio de futebol, mas que fique bem claro, eu até gosto de Judas Tadeu como presidente mas ele está se revelando um déspota, o galo cantou e ele não entendeu o recado. Quanto a Suassuna se tornou farinha do mesmo saco, uma pena!

Photobucket

2 comentários:

Gibson Azevedo disse...

Diego, ninguem solta "o mando" por vontade própria. A única alternativa que resta para que haja alternância no poder, é os indignados arregassarem as mangas da camisa e irem à luta. Pois que, muito sabemos, que conluios, conchavos, cartórios, são em muito semelhante às camisinhas: "só desenrolam no pau!"
Grande Abraço de Gibson.

Gustavo Lucena disse...

Se não houver uma articulação no sentido de ruptura geral, tudo vai continuar como dantes no quartel de abrantes.

Ao ver conselheiros de longa data renunciando e debandando para as hostes verdes,JT e cia. LTDA. dão é risadas.

É preciso mudar radicalmente a linha de frente do comando do ABC.

Se não for colocando novas caras, que se coloque pessoas que já estiveram lá mas que se reciclaram e se encontrem mais atualizados no que tange ao gerenciamento do clube.

O continuísmo é algo inviável.

Outra coisa que o torcedor precisa tomar conhecimento é de quem são os homens de frente que compõe a atual diretoria, para evitar justamente que Judas Tadeu coloque um poste no comando.

3 nomes da diretoria possuem impregnados em si o DNA de Judas Tadeu: Emilson Tavares, Fred Menezes e Segundo Júnior.

ET é carta fora do baralho para ser o poste, pois além de desagregador e ter um índice de rejeição altíssimo (há gente inclusive que o considera o mal maior dentro do ABC, superando em muito JT) é demasiadamente incompetente, pois já passou por todas as diretorias do ABC (ele era do diretor de futebol no ano do 1o rebaixamento) e nunca fez um trabalho que preste. Ao contrário, sempre foi um desserviço para a instituição e isso é dito inclusive por gente de lá de dentro nas rodas de conversa. No entanto, ele vai lutar com unhas e dentes para continuar se locupletando do Mais
Querido, tal qual uma lombriga luta para continuar dentro do intestino humano ao sentir que o hospedeiro estar cagando.

Fred Menezes leva a fama de bom administrador, mas não tem espírito de liderança. Fica a impressão que seguirá tudo que JT disser.

Segundo Júnior também é bem discreto. Foi o idealizador da vakinha do ABC, que mostrou ser um fiasco e ganhou a fama de "sacolinha digital", ou seja, parecia até que o ABC tinha voltado aos Anos 40, quando os dirigentes passavam uma sacola de dinheiro para a Frasqueira ajudar na folha de pagamento dos jogadores.

Se algum desses 3 nomes forem lançados, é preciso que os eleitores tomem conhecimento de quem sejam, para não cometerem o erro de votarem em alguém supostamente novo, mas que representem o continuismo.