sábado, 1 de agosto de 2009

Coluna Melhorou x Piorou: ABC 1x0 Portuguesa

MINI-COLUNA: ENTRANDO NO BOLO

Diego Ivan descreveu muito bem como foi a partida. Para mim, independente da posição que o ABC possa terminar ao final desta rodada (é possível que permaneça na 19a posição), o mais importante foi que o time chegou no bolo, com a possibilidade de sair da zona na próxima rodada. Ou seja, o ABC não apenas se aproximou da zona de fuga como está vendo vários times se arrastando a sua frente. A diferença para o rival p.ex, caiu de 11 para 4 pontos. A depender dos resultados de hoje à tarde, o ABC já terá condições de ultrapassar Juventude, Fortaleza, São Caetano, Duque de Caxias e Paraná ao final da próxima rodada.

MELHOROU

Marquinhos Mossoró: Para mim foi o grande nome da partida. Tem o ditado que alguns dança conforme a música. O volante jogou conforme o ânimo da torcida, ou seja, com sangue, suor e lágrimas. E a cena final após o término do jogo com ele aos prantos e a torcida gritando seu nome foi demais.

Zagueiros: A única falha do setor foi aquela bola na trave da Portuguesa. Não fosse isso, ela passaria com nota 10. É sem sombra de dúvidas o setor mais consistente do time.

Bruno Barros: Autor de um golaço, foi bem mais corajoso e produtivo. Com a expulsão de Bosco, tomou para si a responsabilidade de armar os ataques do time. É um jogador que tem personalidade. Agora quero ver o Rogerinho não jogar bola.

Ricardinho: Com a auto-estima recuperada, às vezes abusa e muito das firulas. Porém, fez jogadas perigosas e animadoras. Pena que Ivan estava num dia infeliz, pois ele praticamente jogou sozinho no ataque.

Augusto Recife: Sua entrada mais uma vez solidificou o meio-campo ABCdista. Entrando em plena forma, será o titular do time.

Paulo Musse: Desta vez não cometeu erros defensivos, sendo arrojado nas saídas de bola. No entanto, irritou bastante suas ligações diretas ao ataque.

Sandro: Continua muito inseguro nos choques físicos com os adversários, porém cadenciou bastante o jogo, controlando a posse de bola do ABC. É um meia que joga muito mais para o time do que para a torcida.

Frasqueira: Ditou o ritmo da partida, fazendo pressão e vibrando a cada chutão da zaga para salvar a equipe. Voltou a fazer a diferença, principalmente quando está munida do poderoso bandeirão, que funciona como uma verdadeira espada do Mais Querido.

NA MESMA

Rogério: Novamente fez o feijão-com-arroz até ser substituído.

PIOROU

Bosco: Acho que ele foi muito inocente ao se encrencar com o fagimerado Simão, sendo expulso de graça e comprometendo as jogadas ofensivas pela direita.

Ivan:Apagadão, não esteve numa noite feliz. Mais do que nunca ficou evidenciado que ele não pode desperdiçar sua energia iniciando uma partida, pois ele é imprescindível para o ABC na 2o tempo.

Fábio Silva: Fábio Silva é Fábio Silva. Mais um gol-feito perdido na conta do atacante. Sua entrada liquidou qualquer jogada ofensiva do ABC. Foi sem dúvidas o pior jogador em campo.

Gustavo Lucena

Photobucket

Um comentário:

Abecedista disse...

Com exceção de Ivan (acho que não esteve tão mal assim), não tiro nenhum ponto, tampouco uma vírgula.

O ABC voltou.

Abecedista.