sábado, 1 de agosto de 2009

Foi com o Coração (2) e com muito juízo

O alvinegro vence e avança na tabela de classificação, 1 a 0 foi o placar da vitoria que o ABC conseguiu pra cima da Portuguesa. O gol do jogo foi do ala-esquerdo Bruno Barros(foto).

(Foto: Emanuel Amaral/Tribuna do Norte)

Tudo bem que o ABC só conseguiu avançar uma posição, tudo bem que a seqüência de vitorias só conta com dois triunfos, mas o que conta mesmo é o que já venho ressaltando aqui; o mais querido dá sinais claros que não irá permanecer na zona de rebaixamento por muito mais tempo.

O partida dessa sexta-feira a noite é um típico exemplo de como ter sucesso em pontos corridos, ou seja, nem sempre jogar bonito é sinônimo de triunfo. O que precisa ficar claro é que o campeonato de pontos corridos premia a regularidade.


O jogo começou bastante estudado, o alvinegro tentou de todas as maneiras fazer com que a Lusa cometesse um erro, tentou sem afobação chegar ao ataque. A Portuguesa ficou em compasso de espera aguardando que o ABC atacasse e conseqüentemente desse espaços defensivos. O que ninguém esperava é que antes dos 15 minutos de jogo Bosco e Simão fossem expulsos, tudo devido a um entrevero entre os dois. Um aviso aos desavisados, esse Simão é aquele que esteve por aqui e não fez nada no ABC além de roubar a grana do alvinegro.

Com as expulsões o alvinegro perdeu mais que o rubroverde, Bosco realmente faz muito mais falta na ala do que Simão ao meio. O técnico Flávio Lopes foi obrigado a modificar o meio para preencher a ala. O meio que era formado por; Bosco, Marquinhos Mossoró, Rogério, Sandro e Bruno Barros. Após a expulsão o meio ficou formado por uma linha de quatro com a ajuda de Ricardinho que voltava, Marquinhos foi para a ala-direita, Sandro revezou com Bruno Barros na ala-esquerda e no meio, Rogério permaneceu na cabeça de área.
Não preciso dizer que o desempenho de Marquinhos vem agradando a torcida, mas hoje novamente, mesmo deslocado, ele conseguiu cumprir a sua função com muita qualidade. Tanto é assim que logo após a modificação tática Marquinhos quase marca o 1 a 0 em uma jogada pela direita.

O primeiro tempo parecia que terminaria no 0 a 0, mas em uma jogada individual, belíssima por sinal, Bruno Barros cortou a marcação puxou a bola para a direita e chutou de fora da área, pegando o goleiro adversário no contra-pé. O sumido bandeirão deu o ar de sua graça, a galera comemorou pra valer. Fim da primeira etapa.

No intervalo Augusto Recife entrou no lugar de Rogério que sentiu contusão.

No segundo tempo a Lusa mostrou outra postura dentro de campo, mas somente a mudança de postura não foi suficiente. Talvez os desfalques ofensivos e a debilidade física dos substitutos tenham feito a diferença em favo do ABC. Tanto Fellype Gabriel quanto Edno retornavam de contusão hoje, mas o certo é que não jogaram nada.

O técnico Paulo Bonamigo tentou mudar a configuração ofensiva da equipe, tirou Fellype Gabriel e colocou o Tatá, tirou o lateral César Prates e colocou o lateral Fernandinho, e para terminar substituiu o lateral Anderson Paim e colocou o atacante Rafael Silva. O Bonamigo tinha a intenção de colocar dois atacantes abertos e aprofundar o jogo da sua equipe, não deu certo talvez por que a postura defensiva do ABC foi perfeita. Somente em uma jogada a Portuguesa levou real perigo; indecisão na área, a bola sobrou na área para Tatá que até agora lamenta ela ter tocado a trave após seu chute.

Flávio Lopes ainda mexeu no time, errado, quando tirou Ivan e colocou Fábio Silva. O time perdeu qualquer força ofensiva, o certo seria ter posto João Paulo e tentar com isso desafogar a defesa que esteve bastante pressionada no fim do jogo. No finalzinho entrou Erandir no lugar de Ricardinho.

No fim do jogo o ABC foi ovacionado por nós torcedores, tudo por que o ABC venceu mais um confronto com muito coração e é assim que será até o final dessa Serie B.

Somente coração talvez não baste, é preciso ter muito juízo para saber jogar o jogo certo no momento certo, talvez o momento agora seja propicio para contratar um atacante, mas sobre isso conversarei amanhã no Podcast do BPA.

O ABC volta a campo no próximo sábado quando enfrentará o Duque de Caxias no Frasqueirão, o jogo começará as 21:00hs. É o chamado jogo de 6 pontos, o Duque agora segura a 19ª colocação e o alvinegro é o 18º, ambos com 14 pontos.



Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal-RN.
Público: 10.632 torcedores.

Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL).
Assistente 1: Pedro Jorge Santos de Araújo (AL).
Assistente 2: Carlos Jorge Titara da Rocha (AL).
4º árbitro: João Alberto Gomes Duarte (RN).


ABC (1): Paulo Musse, Fabiano, Gaúcho e Leonardo; Bosco, Marquinhos Mossoró, Rogério (Augusto Recife), Sandro e Bruno Barros(1); Ivan (Fábio Silva) e Ricardinho (Erandir). Técnico: Flávio Lopes.

Portuguesa (0): Fábio; César Prates (Fernandinho), Bruno Rodrigo, Thiago Gomes e Anderson Paim (Rafael Silva); Ygor, Acleisson, Marco Antônio e Fellype Gabriel (Tatá); Simão e Edno. Técnico: Paulo Bonamigo

Photobucket

Um comentário:

Alex Medeiros disse...

Olá Diego Ivan,

Por motivos pessoais de última hora não tive condições de ir ao jogo, infelizmente, mas gostaria que você comentasse algo sobre a nova camisa do ABC. Olhando as fotos aqui, ela me parece ser muito bonita. Estou pensando em comprá-la :)

Espero que no próximo jogo consiga ir ao Frasqueirão hehe.

Valeu.