Pular para o conteúdo principal

Setores desequilibrados, resultado amargo

O ABC recebeu o CRB pela Copa do Nordeste e o jogo terminou empatado em 0 a 0. Com o placar o ABC chegou aos 4 pontos atingindo o segundo lugar no grupo, o CRB com 5 lidera.

Boa presença de publico (Foto: Andrei Torres @abcfc)
Antes de começar o comentário do jogo tenho que falar da arbitragem. O arbitro CBF da Paraíba Pablo dos Santos Alves quase estraga o jogo. Eu disse quase considerando apenas o resultado, se levarmos em conta o número desproporcional de 6 a 2 em cartões amarelos, ou mesmo o carrinho criminoso que resultou na saída de Erivelton do jogo. Não vou nem falar do lance de um possível pênalti com toque de mão na bola dentro da área, porque não revi o lance para ter certeza. Arbitragem calamitosa, prendeu o jogo o tempo todo além de enervar os jogadores do ABC com cartões e inversões de jogada. A arbitragem na Copa do Nordeste é fraquíssima, qualquer papangú esquecido está apto. Triste.

Disputa de bola dura (Foto: globoesporte.com/rn)
O jogo foi difícil, uma prévia do que será a Série B. O CRB é uma boa equipe, mas nada fora do normal.  O ABC sabia que teria dificuldades neste jogo e foi isso que se viu na primeira etapa. O jogo foi truncado e se desenrolou apenas no meio campo. Nenhuma das duas equipes tiveram grandes chances de gol, passando o protagonismo do jogo aos volantes e aos poucos meias. O Alvinegro não conseguia usar as laterais, Erivelton dessa vez na meia esquerda tentou alguma coisa, mas o bloqueio era intenso. Na direita Levy passou o jogo todo cruzando a bola alto demais ou baixo demais, Guedes que nesse jogo atuou mais solto brilhou no desarme mas na armação o aproveitamento foi baixíssimo.

Na segunda etapa o recomeço de jogo repetiu os 45 minutos anteriores, até pelo menos 15 minutos ninguém teve chances de gol. A partir do minuto 16 o Mais Querido encurralou o CRB, se bem que não foi aquela pressão, mas as chances de gol surgiram. Nando escorando uma bola para Dalberto que podia dominar e chutar mas preferiu um cabeceio fraco. Gegê que em duas bolas chutou descalibrado da entrada da área. Erivelton que bateu cruzado voltando para a boa defesa do goleiro Juliano. Echeverria que chutou duas bolas com perigo canto direito da grande área. O placar sem gol mostrou um ABC que brigou, mas não conseguiu abrir o marcador. 

No fim do jogo a estatística mostrou o Alvinegro com mais chances de gol, mas a verdade é que o time ainda não demonstrou volume de jogo. Esse tal volume de jogo só aparecerá quando todos os setores do time estiverem equilibrados, caso contrário acontecerá como hoje; a defesa foi ótima, o meio foi bom, mas as laterais foram péssimas. O ataque apenas com Nando isolado não pode fazer muito.

Destaque


Gegê hoje apareceu como armador verdadeiramente, chegou no ataque quando solicitado, atuou atrás das linhas quando não havia espaço na frente e articulou bem pelo seu setor.

O próximo jogo do ABC será pela Copa do Brasil contra o Ceilândia/DF. A partida será quarta-feira dia 15 no Estadio Abadião em Ceilândia, tendo inicio previsto para as 15:00hs horário de Natal. Na primeira fase o jogo é único e o ABC joga pelo empate.    

Ficha Técnica


ABC 0X0 CRB

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 3.213 torcedores.

Árbitro: Pablo dos Santos Alves - PB (CBF)
Assistente 1: Luís Filipe Gonçalves Correa - PB (CBF)
Assistente 2: Oberto Santos da Silva - PB (CBF)
4º Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo - RN (CBF)

ABC: Edson, Levy, Léo Fortunato, Cleyton e Marquinhos; Anderson Pedra, Guedes, Erivelton(Dalberto) e Gegê; Nando(Caio Mancha) e Echeverria. Técnico Geninho.

CRB: Juliano, Marcos Martins, (Ratinho), Flavio Boaventura, Gabriel e Diego; Yuri(Jorginho), Adriano, Danilo Pires e Sergio Motta; Mailson(Maxwell) e Neto Baiano. Técnico: Leo Condé. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 40 maiores artilheiros da Seleção Brasileira

Uma Seleção como a Brasileira, com cinco conquistas Mundiais, vários títulos em todas as esferas do futebol, só poderia ter uma lista interminável de artilheiros. O Sexta da Copa de hoje trás a lista dos 40 maiores artilheiros da Seleção Brasileira. 
Pois bem, a lista é eclética, atravessando o período do amadorismo e profissionalismo, superando guerras e se rendendo ao marketing esportivo.


O grande destaque desta lista é o “Negão”, maior artilheiro da nossa Seleção, 95 gol em 114 jogos, em aproximadamente 15 anos vestindo a amarelinha. O topo da tabela é povoada por casos como o de Pelé, Ronaldo, Zico e Bebeto estiveram a serviço da CBF quase que toda a carreira profissional. 
Romário é um caso a parte, venceu o mundial de 94 mas ficou de fora da seleção entre 91 e 93, além de mesmo sendo artilheiro do Brasil entre 1998 e 2002 ter ficado fora das listas de convocação. Mesmo assim o baixinho ainda marcou 55 gols pelo Brasil.
Chama a atenção também os casos excêntricos, como os artilh…

Distintivos têm que ser bem feitos(6)

Dando continuidade aquele projeto que comecei em janeiro de 2010 eu publico mais 10 distintivos de clubes e times do nosso Estado. Lembrando que a intensão desse trabalho é disponibilizar distintivos de boa qualidade na internet, coisa rara. 
Na sequencia temos; Potiguar EC (Parnamirim), SC Parnamirim, Asas EC (Parnamirim), CE Força e Luz (Natal)(V), CE Força e Luz (Natal)(N), C Ferroviário N (Natal), Guamaré EC, Areia Branca FC, SE Pitimbu e União SC (Natal).
O link das postagens anteriores são essas aqui. Postagem 1 (Clique Aqui) Postagem 2 (Clique Aqui) Postagem 3 (Clique Aqui) Postagem 4 (Clique Aqui) Postagem 5 (Clique Aqui)

Quem tiver alguma sugestão, deixe seu recado com uma imagem do distintivo e alguma informação sobre ele.

E-mail: papoalvinegro@gmail.com
Twitter: @oPapoAlvinegro











Distintivos têm que ser bem feitos (23)

Mesmo com o blog mal parado eu publico agora a 23ª edição do Distintivos têm que ser bem feitos. Mais uma vez reproduzindo os distintivos de times do interior do RN com qualidade melhor que as encontradas na internet. Criando um arquivo de imagens importante para quem faz futebol e futsal no nosso quinhão de terra.
Na sequencia temos; A. C. E. Vieirense de Marcelino Vieira/RN, a versão atual na camisas do Alecrim F.C. de Natal, Cruzeiro do Sul de Nísia Floresta/RN, a versão atual do Santa Cruz de Natal, São José E.C. de Rodolfo Fernandes/RN e para finalizar União Sport Club.
Quem quiser pode deixar a sua indicação de escudo nos comentários ou no e-mail papoalvinegro@gmail.com
Os links das postagens anteriores são essas aqui.

Postagem 1 (Clique Aqui) Postagem 2 (Clique Aqui) Postagem 3 (Clique Aqui) Postagem 4 (Clique Aqui) Postagem 5 (Clique Aqui)  Postagem 6 (Clique Aqui)  Postagem 7 (Clique Aqui) Postagem 8 (Clique Aqui) Postagem 9 (Clique Aqui) Postagem 10 (Clique Aqui) Postagem 1…