quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Gostei do que Geninho falou.

O que falta na maioria dos técnicos brasileiros em Geninho sobra. Pense num cara tranquilo e é essa tranquilidade que o torcedor espera ver na temporada 2017.

Geninho chegou e já deu entrevista coletiva na maior tranquilidade possível, explicando tintim por tintim o que acontecerá no ABC em termos de planejamento e da dificuldade de se montar a equipe para a temporada. Lembrando que o ABC ainda se recente de uma seríssima crise financeira.

Vejam trechos da entrevista publicada no site globoesporte.com/rn:


Montagem do time;

- A montagem do elenco foi feita dentro do planejamento financeiro que o ABC tem para esse início de temporada. Apesar de ter subido de divisão, o time ainda passa por dificuldades financeiras e isso impede que se faça grandes contratações. Em uma reunião em conjunto com a diretoria, decidimos que as coisas iriam ser feitas de uma maneira paulatina. Nós contratamos jogadores dentro daquilo que o ABC pôde investir no momento e vamos tentar fazer o melhor possível com o que temos.

Escalação do time sem Jones e Lúcio Flávio;

- A gente pode adaptar ou mudar um pouco a maneira de jogar, mas isso eu só posso analisar com a sequência de jogos. Às vezes, a gente planeja uma coisa, mas na prática acaba sendo outra.


Usar as categorias de base;

- Essa semana, nós devemos acoplar mais quatro ou cinco jogadores do Sub-19 para fazer um trabalho de maturação para que eles ganhem experiência. Eu não vou jogar o garoto em uma fogueira porque isso não é dar oportunidade, isso é queimar o jogador.

Pode parecer estranho o que eu direi, mas acho que o ABC vai no caminho certo mesmo sem contratações de grande impacto. A verdade é que independente do que o Alvinegro conseguir na temporada, inicialmente o ABC joga o ano para permanecer na B e não será em janeiro que conseguiremos isso. 

Nenhum comentário: