Sem ritmo, mas tem jeito

O ABC empatou ontem o primeiro e único amistoso da equipe antes da estreia do Estadual no sábado a tarde contra o Palmeira de Goianinha no Frasqueirão.

Confesso que esperava pouco desse jogo, já que fica mais do que claro que o ABC entraria em campo fora de ritmo de jogo. Com menos de um mês de treinamento e apenas três remanescentes dos jogadores do ano passado, entrosamento não seria a pedida da noite.

Avaliando apenas o primeiro tempo do jogo, com a escalação que será a mais próxima do time da estreia.  

ABC: Vaná, Felipe Sousa, Gabriel, Jeferson Lima e Hugo; Marcio Passos, Bida, Erivelton e Chiclete; Bruno Furlan e Jones Carioca.


Gostei de algumas coisa mas de outra não. De positivo temos o bom goleiro Vaná, o trio formado no meio campo com Marcio Passos, Bida e Erivelton, além de Bruno Furlan no ataque. Bons valores individuais e boa atividade coletiva. 

O time sentiu muito a falta de uma jogador de referencia no ataque, acho que na medida que Alemão estiver preparado o ataque será B. Furlan e Alemão.

A dupla de zaga me preocupa, Gabriel e Jeferson Lima me parecem bastante franzinos. Numa disputa corpo a corpo com atacantes mais fortes eles podem sair em desvantagem. 

As laterais me preocupam
, nenhum dos dois me passou confiança.

De resto é dizer que o ABC mostrou que começa com alguma deficiência, muito forçada pelo desentrosamento do que por qualquer outra coisa. Gostei da facilidade de troca de passes do meio campo, mas a falta de segurança defensiva e a pouca contundência ofensiva preocupam.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 40 maiores artilheiros da Seleção Brasileira

Distintivos têm que ser bem feitos (24)

Distintivos têm que ser bem feitos (23)