terça-feira, 7 de julho de 2015

Fora de casa e nos contra-ataques

O ABC venceu a quarta na Série B do Campeonato Brasileiro. O placar de 2 a 1 contra o Atlético de Goiás foi construído por Arthur pelo time da casa e Edno duas vezes para o ABC. O Alvinegro soma agora 16 pontos e ocupa da 10ª colocação na tabua de classificação.


Nos contra-ataques e apenas dessa maneira, o Alvinegro somou mais uma vitória, principalmente quando o treinador não tem opções para o meio. O ABC vem se saindo bem nos jogos fora de casa porque não precisa criar o jogo. Quando precisa fazer isso em casa, perde sempre, ou pelo menos empata, vide os jogos no Frasqueirão, onde não dá para esperar que o adversário ataque o Mis Querido.

Na partida de hoje o Atlético quis resolver o jogo logo no início, coisa que deu certo marcando o seu gol no jogo antes dos 10 minutos de jogo. A trinca de volantes do ABC é incapaz de proteger as laterais deixando qualquer um desprotegido, principalmente Marcilio. O meia do Atlético lança a bola sem marcação nas costas de Marcilio, Juninho recebeu e cruzou para Arthur marcar no meio dos dois zagueiros e do outro lateral, Reginaldo. 

Depois do gol adversário, o ABC escapou de lavar mais alguns gols ninguém sabe como. Somente aos 20 minutos, numa falta na entrada da área Edno marcou um golaço, com a bola ainda batendo na trave. Após isso, o jogo deu uma esfriada, mas o ABC só chegou mais uma vez aos 36 quando num chutão Kayke ficou cara a cara com o goleiro e apenas recuou, desperdiçando grande chance de virada no primeiro tempo.

No segundo tempo, Dal Pozzo tirou Dedé que se arrastou durante todo o jogo, colocando Jussandro. Com isso Marcilio iria para o meio e Jussandro para a lateral esquerda. Mas rapidamente Erivelton entrou no lugar de Marcilio, coisa que acertou o Alvinegro no meio campo. Na segunda etapa o ABC foi bem melhor defensivamente, impedindo o trabalho do Atlético, roubando as bolas no meio-campo e acionando rapidamente os três atacantes do ABC. 

O ABC virou numa excelente triangulação de Fabinho Alves e acreditem, Rafael Miranda, que deixou Edno na cara do gol para virar o jogo. Placar justo pelo que foi o segundo tempo. O problema é que o gol saiu aos 20 minutos da segunda etapa e aos 30 minutos Gilmar Dal Pozzo tirou Kayke e colocou o zagueiro Mauricio. O resultado foi que o Atlético que estava mortinho voltou para a partida por que o ABC recuou demais. A sorte é que o Atlético vem muito mal no campeonato, com um adversário embalado a conversa seria outra. O fim de jogo trouxe alegria ao torcedor do ABC, que não viu seu time vencer nas ultimas três rodadas. 

O ABC venceu e destaque para Edno que marcou os dois gols do jogo e Saulo que tirou pelo menos duas bolas dificílimas.

O ABC volta a campo no próximo sábado dia 11 de julho, as 16:30hs no estádio Independência contra o América Mineiro. 

Ficha Técnica


ATLÉTICO GOIANIENSE 1X2 ABC

GOLS: A. GOIANIENSE - Arthur, ABC - Ednos (2).

Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia-GO.

Árbitro: Diego Almeida Real-RS (CBF-1).
Assistente 1: Lucio Beiersdorf Flor - RS (CBF-1).
Assistente 2: Jorge Eduardo Bernardi - RS (CBF-2).
4º Árbitro: Roberto Giovanny Oliveira Silva - GO (CBF-2).

Cartões amarelos: Juninho, Ailton (Atlético); Marcílio, Reginaldo, Leandro Amaro (ABC)

Atlético-GO: Márcio, Éder Sciola (Sérgio Manoel), Lino, Marllon e Eduardo (Rodrigo Maranhão); Anderson Pedra, Pedro Bambu e Ailton; Juninho, Geraldo (Airton) e Arthur. Técnico: Jorginho.

ABC: Saulo, Reginaldo, Suéliton, Leandro Amaro e Marcílio; Fábio Bahia, Rafael Miranda, Dedé (Jussandro) e Edno; Kayke (Maurício) e Fabinho Alves. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Nenhum comentário: