quinta-feira, 6 de novembro de 2014

FNF supera a ‘Lei de Tirica’ e anuncia Estadual de pontos corridos

A cada ano a Federação Norte-rio-grandense, com auxílio dos clubes, surpreende o torcedor potiguar e apresenta novidades desanimadoras.  Se neste ano o estadual teve como marca negativa a grande quantidade de datas, já em 2015 o que desagrada é a disputa sem grandes emoções dos pontos corridos.

A formula é de fácil compreensão e como explica o próprio site da FNF “A competição será disputada em sistema de pontos corridos, com dois turnos, a Taça Cidade de Natal e a Copa RN, jogando todos contra todos em sistema de ida e volta.  O vencedor de cada turno terá vaga na Copa do Brasil e Copa do Nordeste de 2016. Ao final do primeiro turno, os dois últimos colocados são eliminados do resto da competição e disputarão em duas partidas extras quem desce para a Segunda Divisão. Primeiro turno com dez clubes e o segundo com oito”

Ocorre que não precisa ser grande conhecedor do futebol para saber que a disputa em pontos corridos afugenta os torcedores dos estádios, ainda mais em uma competição de baixo nível como nosso sofrível estadual. A disputa dos clássicos, sonhado por algumas com uma final no centenário dos clubes, se converterá em duas das intermináveis 16 rodadas disputadas. Quase um turno de Brasileirão.


A incompetência e falta de criatividade do Dr. José Vanildo fez que, inacreditavelmente, conseguisse elaborar um estadual pior do que o mostrado esse ano, e agora sem o patrocínio da Chevrolet. Ele consegue desafiar a ‘Lei de Tirica’ que diz quer ‘pior que tá, não fica’. Mas ficou, e bem pior.  

Nenhum comentário: