segunda-feira, 21 de abril de 2014

Jogos inesquecíveis das Copas do Mundo (8)

Restando apenas 52 dias para o inicio da Copa do Mundo de 2014, eu apresento o maior jogo de todos os tempos nas Copas do Mundo. O 4 a 3 de Itália e Alemanha no México em 1970 é um espetáculo de técnica e superação que deveria servir de exemplo para todas as gerações que gostam do futebol. É o segundo jogo dessa edição de Copa do Mundo apresentado aqui no Blog, o outro jogo apresentado aqui foi o jogo Brasil 1 x 0 Inglaterra. Certamente esse não será o ultimo jogo da Copa de 70 apresentado aqui.

Semifinal da Copa, jogo realizado na Cidade do México, Estádio Azteca dia 17 de junho de 1970. O público registrado de 102.444 torcedores. O jogo foi de fato uma aula de futebol. A Itália marcou aos 8 minutos de jogo com Boninsegna, a Alemanha empatou no segundo tempo aos Karl-Heinz Schnellinge aos 45 minutos. Empate no tempo normal e cinco gols na prorrogação. na sequência Gerd Mueller para a Alemanha, Tarcisio Burgnich e Gigi Riva para a Italia, Gerd Mueller de novo para a Alemanha e Gianni Rivera fecha a conta dos gol na prorrogação.  

Clique na imagens para ampliar.

Escalações
Itália: 1- Enrico ALBERTOSI, 2- Tarcisio BURGNICH, 3- Giacinto FACCHETTI, 5- Pierluigi CERA, 8- Roberto ROSATO, 10- Mario BERTINI, 11- Gigi RIVA, 13- Angelo DOMENGHINI, 15- Sandro MAZZOLA, 16- Giancarlo DE SISTI e 20- Roberto BONINSEGNA.
Alemanha: 1- Sepp MAIER, 3- Karl-Heinz SCHNELLINGER, 4- Franz BECKENBAUER, 5- Willi SCHULZ, 7- Berti VOGTS, 9- Uwe SEELER, 12- Wolfgang OVERATH, 13- Gerd MUELLER, 15- Bernd PATZKE, 17- Hennes LOEHR e 20- Juergen GRABOWSKI.

Os capitães de Alemanha e Itália se cumprimentam.
O italiano Giacinto FACCHETTI e o alemão Uwe Seeler. 

O grande Estadio Asteca, palco de duas finais de Copa do Mundo.

Nesta imagem ALBERTOSI desvia cruzamento em direção a Gerd MUELLER.

Em mais uma imagem Gerd MUELLER mostra toda sua dedicação ao jogo.

O volante Giancarlo DE SISTI com a bola dominada.

Na imagem o alemão Berti VOGTS e o italiano Gigi RIVA disputam bola no ar.

Imagem absolutamente perfeita. Detalhe para o perfil do goleiro ALBERTOSI e a apreensão do atacante alemão Gerd MUELLER.

Aos 8 minutos da prorrogação, o lateral italiano Tarcisio BURGNICH empata o jogo, 3 a 3.
O goleiro alemão Sepp MEYER nada pode fazer. 

O grande Gerd MUELLER sempre lutando por um gol.

O "kaiser" Franz BECKENBAUER reclamando com o arbitro Arturo YAMASAKI MALDONADO do México. 

Gol da Alemanha.

Na prorrogação BECKENBAUER sofre uma fratura no ombro e teve que jogar enfaixado com o braço preso ao corpo.

Detalhe da preocupação de BECKENBAUER enquanto seu braço é enfaixado.

BECKENBAUER jogou a prorrogação enfaixado.

Alemães comemoram o 3 a 3 na prorrogação, segundo gol de Gerd MULLER no jogo.
A Itália marca o gol da vitoria. Desolação de Sepp MAIER e Franz BECKENBAUER. 

A sequencia do lance. 

No mesmo lance Gianni RIVERA comemora seu gol.

O treinador Helmut SCHOM e o atacante Gerd MUELLER lamentam a eliminação na semifinal.
Quatro anos depois os dois venceriam a Copa em casa.

Italianos e alemães confraternizam após o jogo.

Nenhum comentário: