sexta-feira, 14 de março de 2014

O jabá no esporte

Na terça-feira dia 11 de março a Presidência do Esporte Clube Bahia disponibilizou aos seus sócios a lista com gastos efetuados pela antiga administração do Clube. Vejam vocês que parte da imprensa baiana estava sendo financiada pela diretoria tricolor, com pagamento de despesas em viagem e hospedagens, até mesmo em vultuosas somas de dinheiro. Vejam um trecho da matéria do site Correio 24 horas sobre o assunto.


Confira os profissionais de imprensa e demais beneficiados pelo Bahia; gasto foi de R$ 865 mil


O Bahia divulgou nesta terça-feira (11) os nomes e valores de todos os envolvidos na série de benefícios oferecidos na gestão do ex-presidente Marcelo Guimarães Filho. De acordo com o levantamento realizado pelo clube, o Tricolor desembolsou o valor total de R$486.894,82 com serviços divulgados, como publicidade em programas esportivos. 
O Bahia informou ainda que R$ 378.142,91 foram pagos em passagens aéreas para radialistas, jornalistas e parentes do ex-gestor. 
Além dos valores expostos, notas fiscais de valores gastos em restaurantes, bebidas alcoólicas e aluguéis de carros também foram encontradas. Despesas pessoais, como hospedagem em hotéis cinco estrelas, também foram identificadas.

Trazendo o caso para a nossa realidade eu tenho que questionar, porque nenhum meio de comunicação local da área do esporte noticiou o caso? Certamente este é um assunto de relevância nacional para a categoria, mas aqui em Natal isso é irrelevante. Sabem por que? É evidente que a exceção de raríssimos casos, a maioria da imprensa que cobre o futebol do RN é comprada por cartolas e suas empresas. 

Eu pergunto se é normal que a empresa do presidente do “Jabá” Futebol Clube patrocine todas as rádios de Natal? 

Eu pergunto se é normal que a empresa do vice-presidente do “Gagau” Futebol Clube, patrocine a maioria dos blogueiros ditos profissionais da área?

Eu pergunto também, quanto saiu diretamente dos cofres do “Molha Mão” Futebol Clube para a compra de passagens aéreas, diárias em hotéis, ou em outros serviços? 

Pela última vez eu pergunto, quanto o “Agrado” Futebol Clube pagou para que se elogiar ou difamar algum profissional do futebol aqui do RN?

Nunca saberemos a verdade, até o momento que algum iluminado abra a caixa de pandora do jornalismo esportivo local, como fez o presidente do Bahia. O que se sabe a boca pequena é que fulano tirou um carro zero da concessionaria, é que cicrano teve despesas com educação dos filhos totalmente pagas por dirigentes e tantos outros causos. 

Vou contar um causo...

Tempos atrás, coisa de doía anos ou mais, escrevi um texto desabafo aqui no Blog, não vou lembrar qual era o texto. Texto descendo o cacete na impressa local, que estava fritando o ABC descaradamente, mas sem motivo aparente. Só sei que via Facebook, um até aquele momento repórter de campo de uma rádio local, hoje fora do rádio e que eu considerava um dos bons, veio falar comigo pelo inbox do Facebook em tom ameaçador:

Radialista: Foi você que escreveu o texto?
Resposta: Sim, fui eu mesmo. 
Radialista: Eu quero que você diga quem são os jornalistas que estão recebendo dinheiro dos clubes?
Resposta: Não vou dizer por que você também sabe quem são. 
Radialista: É bom você ver direito de quem você está falando para não acusar ninguém.
Resposta: Não citei nome de ninguém e nem o seu, mas...

Acabou a conversa nesse ponto, já que eu não queria polemizar com ninguém naquele momento, e a indireta do radialista não me pegou.

Somente os incautos acreditam nos que empunham um microfone de radio e bradam a lisura de seu comportamento. Quem é honesto não precisa reafirmar suas atitudes, o seu comportamento fala por ele.  

Nenhum comentário: