sábado, 13 de julho de 2013

Deu a logica no Pacaembu

O ABC viajou até São Paulo e perdeu mais uma, dessa vez para o Palmeira por 4 a 1, gols de Wesley, Luis Felipe, Vinicius e Serginho para o Palmeiras, enquanto Gilcimar fez seu primeiro gol pelo ABC. O Alvinegro permanece na lanterna com apenas dois pontos em oito jogos. 

Sendo realista, mais uma exibição lamentável deste time que dizem ser o ABC Futebol Clube. Tudo bem que o adversário é o Palmeiras, que se não vence na bola, vence no apito. Hoje não precisou jogar bola nem do apito amigo para vencer este patético time ABCdista. 

O resumo do jogo é este... quando o Palmeiras quis jogar, fez gols e não permitiu que o ABC tocasse na bola. Senão vejamos:

Inicio de jogo o ABC muito bem, passando perto do gol do Prass. Em uma saída de bola errada do ABC gol do Palmeiras. Em um cruzamento errado, goleiro Lopes enganado gol do Palmeiras. Gols aos 19 e 22 minutos. Depois disso o ABC teve muita sorte do Palmeiras não ter ampliado, já que o ABC congelou em campo. 

No segundo tempo, o ABC em cima do Palmeiras, que bastou acelerar o jogo um pouquinho para marcar de pênalti. Antes que digam, foi pênalti. Mais uma jogada de velocidade, o atacante Serginho recebe bola entre os dois zagueiros do ABC, completamente livre e Lopes no desespero sai do gol e é encoberto pelo atacante. Satisfeito, o Palmeiras deixou o Alvinegro se atrapalhar com a bola sozinho. Só ai é que o ABC foi verdadeiramente perigoso, Gilcimar perdeu duas chances de gol antes de marcar o gol de honra do Mais Querido.

Enquanto o ABC for um amontoado de jogadores regulares e alguns ruins, a logica é de que o ABC perca seus jogos. A verdade é que o ABC tem um péssimo elenco, apesar que alguns poucos se salvam.

O ABC volta a campo na quarta pela Copa do Brasil, quando receberá o Goiás. O jogo começará as 21:50hs. O Mais Querido precisa de um milagre, vencer por 3 a 0 para ir aos pênaltis, ou vencer por uma diferença superior a quatro gols. 

Ficha Técnica

Local: Estádio Pacaembu, São Paulo/SP.

Árbitro: Antonio Denival de Morais (PR).
Assistente1: Marcos Rogério da Silva(PR).
Assistente2: Pedro Martinelli Christino (PR).

Palmeira (4): Fernando Prass; Luis Felipe(1), André Luiz, Henrique e Juninho; Charles (Mendieta), Márcio Araújo, Wesley(1) e Valdivia (Caio); Vinicius(1) e Leandro (Serginho(1)).Técnico: Gilson Kleina.

ABC (1): Lopes; Renato, Flávio Boaventura, Lino e Guto; Edson, Bileu, Rodrigo Santos (Thiaguinho), Tony (Gilcimar(1)) e Erick Flores; Pingo. Técnico: Waldemar Lemos.

Um comentário:

Thiago disse...

N TEM MAIS JEITO, É SERIE C, INFELIZMENTE...