domingo, 16 de junho de 2013

Copa das Confederações: México 1 x 2 Itália

Foto: Getty Images

Gols
MÉXICO: Chicharito Hernández, aos 34min do 1º tempo.
ITÁLIA: Pirlo, aos 27min do 1º tempo, e Balotelli, aos 33min do 2º tempo.

A Itália venceu o fraquíssimo México e assim como o Brasil, encaminha classificação no Grupo A. O placar de 2 a 1 premiou a equipe que mostrou muita qualidade, mesmo que com um futebol diferente do que o brasileiro está acostumado. 

A diferença entra as duas seleções é algo gritante. A Itália após o fracasso na África do Sul, eliminado na primeira fase, renovou quase que em todos os setores, o que indica um crescimento do time. O técnico Prandelli arrisca uma Itália no 4-3-3, coisa inimaginável em se tratando de Itália. Já o México aposta na equipe campeã olímpica e em alguns veteranos, mas o problema parece estar no banco de reservas. O treinador da Tri parece não saber o que fazer com o time, que em 2013 tem um recorde de uma vitória oito empates e uma derrota.

O domínio Italiano existiu por que foi atrás do jogo, o México tentava apenas nos contra-ataques, o que nesse nível do futebol é pouco. Chicharito Hernandes foi um expectador solitário. 

Destaques Positivos

Balotelli 9 Itália – É maluco, é craque, é Balotelli. É um baita centroavante, volta para brigar no meio campo, briga no meio da área e faz muitos gols. Hoje esteve discreto no primeiro tempo, já no segundo fez o que quis com os dois zagueiros mexicanos. 

De Rossi 16 Itália – Que senhor volante. Na Roma é mais do que isso, na Itália é obrigado a ser só isso para permitir que o veterano Pirlo tenha liberdade para jogar. 

Cesare Prandelli Itália – Esse é um treinador diferente, olho nele. Mudou a cara de um time que historicamente tem dificuldade de renovar elenco. O ferrolho tradicional já não é visto em campo. A Itália procura o jogo, diferente do que estamos acostumados a ver, mas vai a luta.

Destaques Negativos

Giovani dos Santos 10 México – Enganou a turma. Esse deixou o futebol em Barcelona a varias temporadas atrás. Todas as bolas do México devem passar por seus pês, mas sabe quando você torce para que isso não ocorra. Este é Giovani dos Santos. 

De Siglio 5 Itália – A defesa da Itália é fraca, mas o lateral esquerdo tem dificuldades em andar. Brincadeira, não passa nenhuma vez do meio campo, o que torna a Itália uma boa equipe mas com um mapa da mina na defesa. 

Rodriguez 2 e Moreno 15 México – Brincadeira essa dupla de zaga, Balotelli fez o que quis com os dois. É melhor mandar Vinicius para o México, vai que ajuda por lá...

Acessem:

Nenhum comentário: