quinta-feira, 14 de março de 2013

O ABC perde mando de campo em definitivo

Não sou advogado, mas se um Juiz de um tribunal de Justiça Desportiva profere uma sentença descascando meu trabalho, eu deixaria de atuar como advogado.

Será que é só a torcida do ABC, ou tem alguém na diretoria que também acha a representação do Clube no STJD é fraquíssima? Se eu for elencar o numero de derrotas do doutor Paulo Rubens em questões no STJD, certamente passaria o resto da semana escrevendo.

O clube já havia perdido na Comissão Disciplinar, no caso envolvendo a confusão no ultimo Clássico da Série B. Hoje no Pleno do STJD a perda de mando de campo foi mantida, e a multa de R$ 5 mil foi reduzida para R$ 3 mil. Mas vejam o que o procurador Paulo Schmitt afirmou do trabalho do representante Alvinegro no Rio de Janeiro;

"Até concordaria com a defesa do clube se fosse apresentado o nome completo e informações do funcionário do clube. Quando não se tem um sujeito identificado, ele passa a ser torcedor e não como alguém que estaria incurso no 258-B do código. O clube é sim infrator ao artigo 213. Eu posso mencionar a gravidade, mas os auditores é que devem dizer se houve a gravidade de perda de mando de campo. Precisamos unificar pois está em estabilidade. Com todo respeito, esse recurso não deve ser modificado em nenhum milímetro. A defesa não apresentou dados do infrator e o clube deve responder pelos fatos".

O procurador foi claro e cristalino. Foi uma defesa extremamente incompetente. 

Meu amigo, rasga essa OAB.

Ver a cobertura do caso no site Justiça Desportiva (Clique Aqui).

6 comentários:

Breno Cardoso disse...

Desde que esse advogado perdeu aquela causa que deixou Leandrão 4 jogos suspenso eu sabia que ele era muito fraco. E olhe que o que Leandrão colocou no Twitter não foi tão ofensivo assim: "...qual o turista que vai ao RJ e não é roubado?"...


Neymar colocou coisa muito pior no twitter praticamente na mesma época e nada aconteceu com ele, saiu ileso: "o juiz tem que sair de camburão"

Breno Cardoso disse...

Agora eu só tenho um questionamento a fazer: Onde o ABC vai mandar esse jogo??? Goianinha não pode ser, Ninho do Periquito não pode ser, e os estádios do interior do RN estão numa porcaria

Bruno disse...

O ABC deve pagar essa partida na Copa do Brasil, que não tem a limitação mínima de capacidade até a quinta fase. Porém, temos que jogar a uma distância maior do que 150 km de Natal. Então, deve ser João Pessoa, Campina Grande ou Recife.

Anônimo disse...

O ABC nas últimas vezes sempre procurou não ganhar por 2 gols qdo tinha a chance, pensando na renda do jogo da volta. Mas dessa vez que a lógica seria isso pra pagar a punição logo contra o parnahyba, é capaz de ganhar por 2 gols só pra fazer raiva à torcida

Guilherme Moura disse...

Pelo que eu soube, a pessoa quem invadiu o gramado não é funcionário do clube, mas um policial militar que estava prestando um serviço para o clube (o popular "bico"). Sendo assim, sem a ausência de vínculo empregatício, ele foi considerado tão torcedor quanto qualquer um que paga seu ingresso ou é associado, situação esta que enseja, inegavelmente, a punição da perda do mando de campo.

Diego Ivan disse...

Não foi bem assim, na verdade não ocorreu identificação alguma. Bastava nome e função.