domingo, 10 de março de 2013

Egito: Exemplo a ser seguido

Ontem quando estava no twitter ví uma notícia no site da ESPN Brasil dizia que na última semana foram julgadas 26 pessoas no Egito envolvidas em violência nos estádios. Resultado: 21 condenadas à morte e outras 5 à prisão perpétua.

Todas os condenados estiveram envolvidos no massacre no estádio Port Said, na cidade de Suez em fevereiro do ano passado. A partida era entre Al-Masry x Al-Ahly. Nesta ocasião , mais 70 pessoas pessoas perderam as suas vidas.

Isso é reflexo de um país que tem a justiça séria para punir os crimes, coisa que não somos tão acostumados assim de ver no país em que vivemos.

Eu não estou aqui defendendo a pena de morte para os casos de violência desse tipo, mas o Egito deu um exemplo a todo o mundo do rigor que deve ser usado para tratar os casos de violência, seja no esporte ou não. Vendo o exemplo desses cidadão que pegaram essas penas brabas, eu duvido que alguém vá bagunçar nos estádios de lá sem pensas duas vezes.

Enquanto isso: Pras bandas de cá, tivemos o julgamento do Corinthians na Conmebol pela morte do garoto boliviano Kevin Beltrán. O time brasileiro não terá torcida nos jogos fora mas poderá contar com sua torcida nos jogos em casa, ou seja, saiu praticamente ileso de qualquer consequência. Tenho certeza que foi um julgamento político, pois ninguém é bobinho e todos sabem o tamanho da $$$$$ dos jogos do Corinthians em casa.

Acessem:

Nenhum comentário: