quinta-feira, 12 de julho de 2012

Qual é a do ABC?

Na hora de contratar um novo treinador a diretoria do Mais Querido alega ter dificuldades porque, de forma correta, é rígida no tocante a quantidade de profissionais da equipe técnica. O ABC não aceita que novo comandante traga médicos, fisiologistas, preparadores físicos e treinador de goleiros, já que a equipe conta com esses profissionais em seu quadro de funcionários.

Se por um lado tem sido rígida com os profissionais da equipe técnica, por outro tem afrouxado quando da indicação de jogadores por parte dos treinadores. Com essa atitude o final de gestão de Rubens tem a marca do desequilíbrio. O ABC que na “Era” Leandro Campos apostava em um elenco reduzido e de qualidade, tem hoje muitos jogadores e pouca qualidade.

Começou com a chegada de Márcio Goiana. O confuso treinador indicou vários jogadores que o Criciúma não mais queria. Diretoria contratou. Eles poucos acrescentaram tecnicamente e a folha salarial aumentou. Márcio foi e os seus jogadores ficaram.

No lugar de Márcio, chegou Ademir Fonseca. O treinador promoveu várias alterações na equipe e viu seus pedidos de contratações serem atendidos. O ABC anunciou seis, isso mesmo, seis contratações vindas da Caldense, equipe que fora treinada por Ademir. Não irei discorrer sobre a qualidade técnica dos jogadores, já que conheço o futebol de apenas um deles.

A lógica alvinegra está sendo difícil de ser entendida. Não se sabe ao certo quais os jogadores a diretoria confia. Não se entendo, também, o porquê de não permanecer com elencos enxutos. E o mais difícil de compreender é como se dá tanta confiança a um determinado treinador e depois o demiti em um curto espaço de tempo. Na verdade eu gostaria muito de saber da diretoria qual é a do ABC?

4 comentários:

Múrcio disse...

O site e o twitter do Abc como sempre nada informam, mas o Arena do Nordeste está divulgando a saída de zagueiro Edson para o Treze de Campina Grande e a negociação do Abc com o meia Ramon que esteve recentemente no Náutico de Recife. Segundo o site, o presidente Rubens teria dito que o empresário do atleta fez contato com o ABC, mas informações davam conta que o jogador estava acima do peso. Mesmo assim, confirmou que irá conversar com o treinador para definir se fecha ou não a contratação. Já o empresário do jogador, disse que a negociação está bem encaminhada e o jogador estaria em forma e só deixou o Náutico pelo fato de o clube não ter cumprido o acerto na renovação do contrato. Ramón viria para o clube potiguar, inicialmente, com um contrato até o final da Série B, mas com o Alvinegro tendo preferência na renovação.
Outra notícia que podemos ler e ouvir em todos os sites e jornais é a contusão de Alison, menos através do Abc. O jogador deixou o treino, foi avaliado pelo departamento médico e é dúvida para a partida. Caso não possa atuar, Ademir Fonseca poderá definir a zaga com Leandro Cardoso compondo o setor defensivo.
Eu mesmo só faço uma pergunta: será que o Thiago Garça não seria uma opção melhor ou aquelas noitadas do São João o tirou de forma? Se foi isto que aconteceu, não temos motivos para mantê-lo no plantel. O Leandro Cardoso é muito fraco. Uma dupla de zaga com Flávio Boaventura e Leandro Cardoso é caso de desespero. Não deu conta nem no estadual.
Quanto à contratação de Ramon ou qualquer outro jogador que esteja fora de forma, não aconselho o Abc contratar a esta altura do campeonato, pois já temos jogadores demais fora de forma. Estamos precisando de jogador que venha para jogar, mesmo que não tenha tanta habilidade.

BLOG DO MÚRCIO - http://edmurcio.zip.net/

SOU+ABC disse...

SABE QUAL É A DO ABC? FICAR SEM TORCEDOR!!

Luciano disse...

Sabe qual a do ABC? Se torna um clube falido como o mequinha....e com 100 jogadores no plantel!

Múrcio disse...

Entre os muitos problemas que o Abc tem, o maior de todos é a capacidade que temos de aumentar a quantidade e a qualidade dos mesmos. Talvez seja por que estamos acostumados com a vitória e não sabemos perder, como dizia Leandro Campos. Neste campeonato ainda não repetimos uma única vez o time. Quando achamos que encontramos um time para dar entrosamento, acontecem algumas coisas.
Desta vez a coisa bateu todos os recordes. Se não bastassem as eternas recuperações de Basílio e Luisão, dois titulares absolutos, agora têm Bombinha que se instalou pelo DM há mais de um mês. Depois que conseguimos “descobrir” Guto, o perdemos por expulsão, juntamente com Raul e Pedro Silva que levaram o terceiro cartão amarelo. Agora, por contusão perdemos Alison machucado e os russos acharam pouco e levaram Eduardo. Só isto já somam oito jogadores, praticamente um time inteiro de titulares, sem falar nos reservas ou jogadores que estão sempre fora de forma e não podemos utilizar.
Independente de todos estes problemas temos que continuar acreditando numa recuperação dentro desta competição, pois a zona de rebaixamento já é uma realidade. Estamos com o mesmo número de pontos do primeiro integrante do Z4, que é o Bragantino. Para entrarmos nela nem precisa o Bragantino vencer, basta que o Abc perca por mais gols que o Bragantino, que vai pegar outro membro do Z4, o Guaratinguetá. Com um simples empate, os dois ultrapassam o mais querido. Que situação!
Portanto, não temos alternativa. Mesmo enfrentando o poderoso Atlético lá no Paraná, temos que vencer nem que seja de “meio a zero”, com gol de Henick em impedimento, em chute de perna esquerda, depois de dominar a bola com a mão e fazer tabela com o juiz da partida, aos cinqüenta minutos do segundo tempo.

BLOG DO MÚRCIO - http://edmurcio.zip.net/