sábado, 14 de julho de 2012

ABC na Série B x ABC na Série C

Porque o ABC consegue montar times mais competitivos quando está na Série C, e quando chega na Série B vira um balcão de empresários, com o time inchado de jogadores de péssima qualidade?

Alguém sabe me responder a pergunta?

Os times montados para a Série B têm demorado e muito para se acertar, e muitas vezes não dar tempo. O ABC é invadido por um exército de murrinhas que só fazem inchar os cofres do clube.

Na Série C, estranhamente a palavra planejamento é bastante usada. As contratações são mais racionais e geralmente o time se reforça com 1 ou 2 jogadores verdadeiramente diferenciados, e prestigia jogadores formados aqui no RN. Foi assim em 2007, com Wallyson, Nêgo e Juninho Petrolina (que quando queria jogava bola).  Foi assim em 2010 quando se mesclou Cascata, R. Oliveira, Basílio, Jackson  e Leandrão com João Paulo, Wellington e Renatinho Potiguar.

Por que o ABC na Série C - mesmo com uma limitação orçamentária bem menor - consegue ser mais organizado e competitivo que o ABC na Série B?

É essa a pergunta que me faço diante do caos administrativo porque passa o futebol do ABC FC.

Gustavo Lucena

Acessem:

5 comentários:

Anônimo disse...

Meu prezado, o detalhe é que para jogar o 'inferno' da série-C não há dinheiro de patrocinadores e assim a grana só dá prá acertar no alvo das contratações. Na séri-B é diferente: tem a grana da TV, da CBF, dos patrocínios e do sócio-torcedor que investe num time que ele sonha subir à elite do futebol. Com todo esse dinheiro fica fácil prá os dirigentes mal intensionados ou amadores encherem o clube de porcarias, afilhados de empresários-vampiros e com salários astronômicos. No ABC temos visto esse filme desde o ano passado onde chegamos à última rodada sob a ameaça de cairmos para a série-C, e este ano a coisa parece estar mais escrota do que antes. Parece uma sina de time de várzea, viver essa cena todo ano. Não vi em nenhum momento qualquer dirigente ABCdista falar em planejamento para subirmos à série-A, isso parece uma utopia, algo inatingível. E com esse tipo de administração esportiva, só conseguiremos jogar a série-C.
Fonseca

Maciel disse...

Foram situações distintas.
O que aconteceu na serie C em 2007, é que o mais querido vinha de duas temporadas 'fora de serie', sem disputas nem receitas nos segundos semestres das respectivas temporadas anteriores, além de assistir impontente os acessos consecutivos do time de vermelho! Conseguimos conquistar um campeonato estadual que já estava praticamente liquidado em favor do nosso maior rival e assim sendo, essa nova realidade deu novo ânimo tanto a quem estava dentro do clube quanto á frasqueira que não via o alvinegro disputar uma competição nacional há tempos. Essa "empolgação" foi a mola propulsora para obtermos o acesso á serie B em 2007.
Em 2010, houve uma mudança de gestão, com o final da era Tadeu e a entrada de Rubens Guilherme com sua metodologia administrativa e ânimo novo. Ele investiu muito para a inédita conquista do título brasileiro e ousou manter o mesmo plantel para conquistar o estadual de 2011 e o brasileirão da serie B da mesma temporada. Porém, foi uma ousadia que custou caro literalmente! E o "cáos" que vivemos hoje, é justamente o preço que pagamos pela ousadia do título brasileiro! E pode nos custar muito mais caro se essa situação não se resolver a curto prazo, talvez causando um estrago tão grande que nem compense! Isso é o que eu mais temo.

Black Ace disse...

Parabéns Gustavo, vc tocou num ponto sensível e verdadeiro.
de minha parte, como já havia dito antes, cansei de futebol e do ABC.
Já deu...

Foram vários anos desde 1975, e a coisa só tem ficado sem rumo.

Abraços.

Múrcio disse...

Que situação! A que ponto chegamos! Saímos de casa, apanhamos na rua e dormimos na zona. Sem falar que a cada rodada nós salvamos um time da degola e o embalamos para chegar ao G4. Mas tem nada não.
Vamos continuar torcendo, mesmo que ainda tenhamos muitos pesadelos, pois pior seria entregarmos os pontos agora e enfrentar uma terceirona desestimulante e desgastante ano que vem. Estamos numa seqüência de jogos difíceis e mesmo que percamos o próximo jogo, não deveremos achar que é o “fim do mundo”, pois só agora entramos no Z4 e logo em seguida vamos pegar dois adversários diretos na luta em que estamos metidos. Se continuarmos evoluindo na “pegada” e acharmos a melhor formação que temos, retirar os caras do DM e repetir a formação do time por três partidas seguidas poderemos vencer e começar a sair desta situação.

BLOG DO MÚRCIO - http://edmurcio.zip.net/

Múrcio disse...

Tradicionalmente, somos fregueses velhos do Criciúma, mas ao contrário do que todos dizem, na série B não tem “bicho papão”, o que tem mesmo é muito time ruim. Se conseguirmos acertar o time, o esquema e jogarmos com determinação temos tudo para disputar de igual para igual. O problema é que além de não termos um time base ainda, sempre temos muita gente desfalcando o time de um jogo para o outro.

BLOG DO MÚRCIO - http://edmurcio.zip.net/