domingo, 29 de abril de 2012

Covardia e falta de vontade sempre serão castigadas

E o ABC conseguiu a façanha de perder para o limitado, porém valente - a verdade é dura, mas é essa - time encarnado.

E o jogo de hoje foi basicamente um repeteco das últimas 3 partidas: o time sai na frente, se retranca como pode e leva a virada.

O futebol nos mostra que é possível vencer jogando na retranca, porém para isso é preciso que os jogadores literalmente sangrem dentro de campo. O Chelsea mostrou isso contra o Barcelona.

O ABC não é um time retrancado, mas sim um time covarde e sem coração. Os jogadores - salvo algumas exceções - não tem garra nem talento para buscarem a vitória. Falta comprometimento com o pavilhão. É por isso que defendo o investimento nas  categorias de base, de modo a produzir atletas mais  gabaritados e que joguem com respeito ao Mais Querido. Esses jogadores que estão aí pouco se lincham com a Frasqueira. Não é a toa que a torcida não tem  ido ao campo como deveria ir. Não  é a toa a falta de sincronia e cumplicidade entre os atletas e a torcida.

Durante o Estadual o ABC vinha ganhando os jogos no bambo, na bacia das almas, mesmo sem ter jogado um futebol minimamente vistoso. Os resultados contra times mais fracos blindaram o time e até ajudaram a conquista de um turno.

Porém, na hora da onça beber água (contra o Vitória e contra os encarnados), o time fraqueja.

Não exijo que o ABC jogue feito o Barcelona, mas gostaria que o time tivesse ao menos 10% da raça e o espírito de entrega que o limitado time do Estadual de 2007 tinha.

O ABC pode até conquistar o tri estadual, pois o time encarnado - reitero - é bem limitado. Vou fazer minha parte como torcedor e apoiarei esse time sem sal no Frasqueirão, porém não acredito muito no título. E segunda-feira tem que fazer uma faxina radical no elenco, pois do jeito que está, a Série C voltará a nos assombrar.

Gustavo Lucena

Um comentário:

Anônimo disse...

Concordo com você. O time do América é bem limitado, com apenas 3 ou 4 bons jogadores, mas com muita vontade de vencer. E o ABC que nem essa vontade tem, é o que então? Não seria mais limitado ainda? São dois times fracos. Basta apenas dizer que os dois atacantes do ABC, já foram jogadores do América há muito tempo, quando mais jovens, em um time bem melhor do que esses atuais. Ou seja, o nível do futebol é tão fraco, que a torcida se contenta com jogadores meia-boca, com os citados.