sábado, 31 de março de 2012

TJD acorda do coma

A Justiça Desportiva em coma
Parece que o TJD irá acordar de um coma profundo, que durou cerca de 3 anos, e como em um passe de mágica irá julgar Leandro Campos já no próximo dia 5. Apenas 11 dias do ocorrido no ultimo clássico. Será que é por que a vitrine do treinador Leandro Campos, melhor dizendo, ABC Futebol Clube é maior do que, por exemplo, a de Raimundo Lobão do Corintians?

Ao que se sabe Lobão foi acusado de agredir uma funcionaria da FNF a cerca de 2 anos e que recentemente acossou arbitragem no intervalo de um jogo do Corintians. Nesse ultimo caso, Lobão só não foi as vias de fato por que foi contido pela PM de Caicó. No caso da funcionaria da FNF arranjaram um jeito de arquivar o caso no TJD, que na esfera da justiça penal, poderia cair até na Maria da Penha.

É bastante comum vermos julgamentos não ocorrendo no TJD, eternamente adiados, e via de regra prescrevendo. Isso é corriqueiro, para não dizer rotineiro.

A pergunta que fica é: Por que somente agora o TJD é célere no julgamento? 

Leandro Campos foi incurso no Art. 243-F. (Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto.) e Art. 258. (Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código.). Em ambos os caso a pena e de um a seis jogos de suspensão.

Nenhum comentário: