quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O ABC tem fome, mas come pouco


O ABC jogou agora a pouco com a Portuguesa e acabou empatando por 1 a 1, Leandrão marcou para o ABC, para a Lusa marcou o baixinho Ananias. A partida valida pela 22ª rodada da Série B deixou o ABC na décima segunda colocação, pelo menos por enquanto, já que ainda faltam oito jogos para o termino da rodada.

Gostei do jogo. O que pode ser encarado como uma grande apresentação Alvinegra,  principalmente se observarmos a dificuldade que o ABC teve em conseguir jogar diante do principal time desta Série B. Houveram momentos de estrema dificuldade, em momentos realmente particulares, já que a Lusa é um time azeitado e que responde positivamente a todos os desejos de seu treinador.

O ABC agradou em dois momentos claros no jogo, em seu inicio e no segundo tempo quando Renatinho e Pio subiram de produção no jogo. No inicio do jogo, o ABC impôs uma pressão ao adversário dominando as ações no campo de ataque. Com Makelele, Cascata e Lins indo muito bem na movimentação. Pena que Renatinho não esteve bem na primeira etapa, falhou no gol da Portuguesa, assim como Camilo mais uma vez mal colocado.

Antes de falar do segundo tempo, tenho que falar da defesa no primeiro tempo. Esteve muito mal posicionada. A marcação homem a homem que Rômulo fez em cima do Marco Antonio e Esdras em cima do Ananias, provocaram varias vezes um desarranjo defensivo. A Portuguesa varias vezes chegou principalmente pelo lado esquerdo da defesa ABCdista.

No segundo tempo, Marcos Vinicius entrou no lugar de Rômulo, corrigiu a fragilidade defensiva jogando na frente da zaga, revezando com o Esdras, mas também foi só isso que ele fez, já que errou barbaridade a saída de jogo. Com essa segurança na defesa o ABC foi mais ofensivo. O treinador pensou em atropelar o adversário, mas não contou com a partida apagadissima de Nego. Ele entrou em campo no lugar de Esdras, só que Nêgo nem atacou nem defendeu, ou seja, o ABC que preparava um bote ficou a mercê da Portuguesa. Com Nêgo em campo, os últimos vinte minutos de partida foram péssimos para o Mais Querido.

O rescaldo dessa partida é a conclusão, que na verdade não chega a ser nova, mas que explica o que o torcedor tem que levar em consideração; “O ABC tem fome, mas come pouco”. Traduzindo, Leandro Campos pode até ser mais ousado, mas mesmo assim esse elenco parece ser incapaz de traduzir ousadia em resultados.

O ABC volta a campo na próxima terça-feira quando visitará o Goiás. O jogo começa as 20:30hs.         

Ficha Técnica

 Local: Estádio Maria Lamas Farache, Natal/RN.

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva/SE.
Assistente (1): Luís Filipe Gonçalves Corrêa/PB.
Assistente (2): Carolina Romanholi Melo/CE.
4° Arbitro: Suelson Diógenes/RN.

ABC (1): Camilo, Pio (Chimba), Rafael Caldeira, Irineu, Renainho Potiguar; Rômulo (Marcus Vinicius), Esdras (Nêgo), Makelele, Cascata; Leandrão(1), Lins. Técnico: Leandro Campos.

Portuguesa (1): Weverton, Ivan, Rogério, Mateus e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Boquita (Henrique), Guilherme (Leandro Silva), Marco Antônio; Ananias(1) (Cleiton), Edno. Técnico: Jorginho.

Nenhum comentário: