segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Contratar pra que?

Próximo da metade da Série B de 2011, o ABC conseguiu contratar apenas o atacante Geilson para suprir as carências que surgiram após o inicio desta competição. Já escrevi aqui no Blog e li em vários outros meios de comunicação sobre esse mesmo tema. Agora eu pergunto, será mesmo que é necessária a contratação de alguns bons reforços? Começo a achar que não.

Dos que o ABC contratou para o inicio do torneio, quantos desses reservas tiveram reais chances de jogar? É só fazer uma conta de somar. É evidente que Makelele e Marcos Vinicius quebram essa regra, já que o setor dos volantes vem sofrendo baixas por motivo de contusão desde a primeira rodada. Além deles, Nego teve varias oportunidades e desperdiçou todas elas. Os demais contratados não tiveram reais chances de jogar. 

Dois casos chamam a atenção; o atacante Ederson e meia Diego Barbosa.

Para efeito de analise, três jogos não tinham sumulas disponíveis no site da CBF, por isso computo apenas doze. 

Começa a Série B e Ederson(titular durante o Estadual) nem relacionado para os jogos era. Foi preciso uma pressão da torcida para que o jogador começasse a ser relacionado, mesmo que ele não entrasse nas partidas. De doze jogos do Alvinegro, Ederson só foi relacionado para seis jogos, sendo que em dois ele ficou no banco e não entrou na partida. 

O caso de Diego Barbosa é o mesmo de outros jogadores do elenco, caso de Chimba. Diego foi relacionado em sete dos doze jogos analisadas, mas em quatro dos sete o jogador não entrou. Em outros cinco jogos ele nem no banco ficou. 

São dois casos em que vemos que não faz diferença, alguns jogadores do ABC não participam dos jogos. Jogam sempre os mesmos, e alguns sacrificados como Cascata, que jogam noventa minutos de todos os jogos. Os demais atletas somente completam o treinamento. 

Será que precisa contratar? O treinador não utiliza de fato o banco...

Fiz uma analise das sumulas disponíveis no site da CBF e o resultado é esse:

Relação de jogos dos reservas.
Numero de jogos de cada um dos reservas.

3 comentários:

Gustavo Lucena disse...

É aquilo que falei, o elenco do ABC não é tão enxuto e reduzido quanto se fala.

Não adianta contratar para ficar fazendo estoque de jogadores.

Diego Ivan disse...

É o que nós falamos ontem no twitter. Eu vi teu texto, mas eu estive preparando esse desde ontem, por isso publiquei mesmo assim.

Abraço!!!

Black Ace disse...

O ABC tá com cara de carrinho 1000. Quando anda na reta é uma beleza, mas quando começa a surgir ladeira, fica pra trás.