quarta-feira, 15 de junho de 2011

Colheu mais do que plantou, que bom

Ontem o ABC obteve um importante empate contra o todo-poderoso e milionário time do Vitória.

Mas o resultado praticamente caiu do céu, principalmente pelo futebol apresentado na parte final do jogo.

Na minha ótica, o ABC se safou por causa da boa atuação de Wellington e porque o ataque do Vitória foi muito incompetente.

A opção de Leandro Campos pelo Pio mostrou-se errada. O lateral só acertou um cruzamento, que foi o gol de Leandrão. Passou o restante do jogo pixotando e falhando, deixando o flanco direito a ver navios, com o Rildo fazendo a festa. Ou seja, não cumpriu a função a que lhe incumbia.

E Alessandro Lopes novamente causou horrores ao falhar continuamente.

Lenadro Campos abdicou de vencer a partir do momento em que foram efetuadas as substituições, muito embora elas fossem necessárias. Mas ele poderia ter botado Nêgo no lugar de Ricardo Oliveira, pois manteria o time com uma certa qualidade e poderio ofensivo.

E as entradas de Malaquias e Makelelê selaram o destino alvinegro, dada a fragilidade técnica desses jogadores.

No final do jogo, fui duro ouvir a entrevista de Leandro Campos lamentando a ausência de Bileu, mesmo tendo entrado com o melhor trio de volantes que possui.

No mais, o ABC joga contra o Vila Nova em Goiás.

Mesmo jogando assim, dar para trazer uma vitória, pois o Serra Dourada é um campo neutro e o time goiano ainda está tateando no escuro.

Gustavo Lucena

Um comentário:

Anônimo disse...

A Rádio Globo elegeu Alessandro Lopes o mortinho do jogo e o Futebol do Interior elegeu Alessandro Lopes o craque da rodada.
Tem coelho no mato...