quarta-feira, 11 de maio de 2011

Diretoria, marketing também se faz com a participação do povão

Finalmente sexta-feira será lançado de maneira oficial para o mercado consumidor o tão propalado uniforme da Lupo.

Também será feita a apresentação oficial do grupo que vai iniciar a Série B 2011.

Tudo muito bom, tudo muito bonito, porém alguns erros estão totalmente maqueados por debaixo de tanta pompa.

O principal deles é a forte restrição a participação no evento. A escolha do Teatro Riachuelo foi equivocada por ser um local bastante elitizado, que nada tem haver com as raízes da nossa querida Frasqueira. Isso já intimida consideravelmente o acesso do povão, ainda que eles tenham livre acesso se juntarem as 10 Timemanias.

Outro ponto negativo está no preço dos uniformes, R$ 139,00 que recebeu chiadeira inclusive de gente mais abastada.

Tudo isso poderia ser mais simplificado se o evento fosse na nossa casa, no nosso Frasqueirão, com a presença de Zé Lezin animando a festa.

E quanto aos uniformes, a Lupo tem a obrigação de manter o padrão que a ERK tinha. Inclusive ela tem que fabricar réplicas dos uniformes a preços populares, do contrário pouca gente comprará produtos com a marca ABC, pouco dinheiro entrará nos cofres do clube e os produtos piratas farão a festa.

Ao elitizar o marketing, a diretoria dá um tiro do pé, pois esquece que o grande mercado consumidor das coisas do ABC é o povão.

Gustavo Lucena

4 comentários:

Anônimo disse...

É, Gustavo, isso eu já venho dizendo desde muito tempo nos blogs por aí. Porém, o futebol o qual se faz por dinheiro ainda está nos holofotes. Veja que mais ou menos na mesma hora que você publicou este post, Pedro Neto e o Gringo da 98 já chamavam gente pro jantar de adesão com a senha de R$ 500,00. Acredito que existem vários aspectos que elitizam o futebol, principalmente o ABC. Essa questão de sócio, por exemplo, só privilegia quem tem muito pra gastar, pois deixa quem paga só R$ 30,00 sentando no concreto duro e para quem vai pagar depois de 6 meses R$ 80,00 com o glúteo na cadeira. Depois que só vai ao Frasqueirão quem tem carro, pois a Rota do Sol é só mais um ponto de nossa cidade que em termo de transporte é uma m... E se você notar a tabela da série B foi muito cruel com relação a horários, pois a maioria dos jogos aqui serão às 21h. Não sei até que ponto a diretoria vai levar esta ganância por dinheiro, pois com certeza se criassem um plano mais 'acessível' muita gente iria querer burlar pra pagar menos. O marketing, nem se fala, este a tempos já vem sendo de quem tem dinda no bolso a muito tempo. Gostaria de ver realmente a Frasqueira mais humilde participando, pois quem foi à final domingo viu que só foram 4 mil sócios, então tem muita gente que não é sócio talvez por isso.
Valeu, abraço.
Eduardo Jr

Diego Ivan disse...

Gustavo, quantas vezes você já ouviu eu dizer que o ABC deu um tiro no pé somente em 2011?

Estou vigilante nesse assunto.

Abraço!!!

fernando disse...

Pense num cara chato esse Eduardo Jr! porque o fransqueirão é longe,porque o cimento é duro,porque o jogo é tarde. se o torcedor não pode pagar R$ 30,00 ou R$ 40,00 reais mensalmente para se associar infelizmente em nada ele pode contribuir com o time.

Diego Ivan disse...

Nem tanto ao Eduardo Jr, Nem tanto ao Fernando.

A diretoria do ABC tem que viabilizar a possibilidade de se torcer pelo ABC a todos que assim o queiram. Seja no preço dos ingressos ou no preço do material esportivo vendido.

Fica claro que isso não está acontecendo, se está não tem divulgação. Não nos esqueçamos das nossas origens. E a origem do ABC(ou nossa) é a camada mais popular da sociedade.

Do mendigo ao magnata, os alvinegros estão em todos os lugares, mas os de primeira hora sempre são os mais humildes.

Abraço!!!