quinta-feira, 31 de março de 2011

Sonorização insuportável no Frasqueirão

Não quero ser o cara chato, que reclama de tudo. Não quero também ser aquele que acha tudo excelente. Sou critico.

Amigos, o que foi aquele sistema de som ontem no Frasqueirão? O volume do aparato estava extremamente alto e com um eco absurdo. Os caras esquecem que não é só volume do som que o faz ser audível. Tentam corrigir um problema apertando o botão de mais e só dificultam o entendimento de uma mensagem.

Foi impossível conversar nas arquibancadas antes do jogo. Até a torcida ficou encabulada devido ao volume massacrante do sistema de alto falantes. Não havia como o torcedor gritar e criar um clima de jogo decisivo antes da partida, o sistema de som simplesmente impedia que as pessoas se escutassem. Tinha torcedor puxando um “uhhh ABC!!!” e outro do lado cantando o hino. Terrível.

Para piorar, o que a torcida queria ouvir, que é a nova versão do hino ABCdista na voz Dominguinhos, simplesmente foi inaudível. 

Assisti todo o jogo no modulo 2, confesso que deu até um desespero certo momento. Quando o locutor do Estádio, Jean Fernandes, começou a falar ao microfone com volume excessivamente alto confesso que deu vontade de ir embora antes da partida começar.

Agora imaginem, você chega cedo para evitar atropelos, passa exatas duas horas e cinquenta minutos sendo bombardeado por um som altíssimo. O jogo para mim perdeu muito do brilho, já que meu nível de estresse subiu muito. 

Escrevo aqui na certeza de que nada será feito para sanar esse problema, já que isso acontece no Frasqueirão com bastante frequência.

Um comentário:

ABCNATAL disse...

Concordo com você é gênero, número e grau. Há muito que isto vem ocorrendo no Frasqueirão. A minha cadeira fica no alto da arquibancada e portanto embaixo dos camarotes e desta forma não para entender nada do que o locutor (exagerado) diz. O eco é ainda maior naquele setor. Além de ficar isuportável para os ouvidos. Decibéis demais.
Um outro fato que notei é que ao invés de incentivar o torcedor ele atrapalha, quando a torcida estava cantando ele falava tão alto que a torcida parava de cantar.
Realmente alguma coisa precisa ser feita.