quinta-feira, 17 de março de 2011

Drops pós anti-doping (18/03/2011)

Tríplice sensação

Confesso que sai do Frasqueirão com uma tríplice sensação:

A primeira delas foi de alívio porque foi uma vitória suada, com um gol aos 47 do 2o tempo, que lembrou nostalgicamente as doloridas vitórias da Série C de 2007, os inúmeros gols salvadores feitos em cima da hora.

Depois veio a sensação de decepção, pois com uma folha de pagamento 10 vezes maior e atletas reconhecidamente mais gabaritados, o ABC deu bobeira e com o isso o Santa Cruz permanecesse vivíssimo. Era pra ter feito um placar mais confortável, mas faltou competência.

E por fim, a situação de preocupação com o jogo lá no Trairi. O ABC joga pelo empate, mas precisa jogar em busca do resultado.

Um meia para ontem

Jackson só pode tá de brincadeira, Cascata está numa fase de altos e baixos e Gabriel é Gabriel.

O ABC precisa trazer um meia de boa qualidade, se possível para enfrentar o Vasco.

Negócio da China?

Me lembro do novo ala direita do ABC, o China, quando ele jogava no Flamengo, onde teve uma passagem pífia, acho até que foi dispensado por deficiência técnica.

Acho até que Totonho seja melhor.

Posso e espero estar errado, mas ainda acho que Pio permanecerá com a camisa 2 por um bom tempo.

Árbitro escroto aparece na vida do ABC, mais uma vez

Ser árbitro da FIFA não quer dizer nada. Acho até que a maioria deles é de péssimo nível ou é até mesmo desonesto.

Esse Evandro Rogério Roman é do fundo de quintal da madrastona, é muito fraco e mau-intencionado. Vários vídeos atestam a qualidade do pomposo árbitro da FIFA.








Já operou o ABC FC em campeonatos brasileiros passados.

Por isso todo cuidado é pouco contra o Chora Cruz.

Gustavo Lucena

Nenhum comentário: