quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Longas: ABC 3x0 Treze (25/11/2010)

Resumão do jogo

O primeiro tempo foi tão chocho que resolvi dar uma volta pelo Frasqueirão, passei na lojinha e vi várias camisas novas e algumas até criativas. Próxima semana, quando entrar grana vou ver se compro algo.

Mesmo assim ainda vimos João Paulo perder um gol feito. Aliás ele estava em dia de Fábio Silva, perdendo muitos gols. Menos mal que teve participação nos demais gols, mostrando que sua grande virtude é servir aos demais atacantes.

E Éderson foi o grande beneficiário das jogadas trabalhadas do time, marcando 3 gols.

A zaga e os volantes tiveram pouco trabalho com o ataque do Treze.

Com as saídas de Suélinton e Renatinho Potiguar, as laterais enfraqueceram. Sorte nossa que o adversário de ontem também era um time esfacelado.

A presença de público (cerca de 5.000 presentes, segundo apuração da 98 FM) foi excepcional para as circunstâncias do jogo, realizado no indigesto horário das 22hs, com a concorrência da TV Globo, que passou o jogo p/ Natal e a própria ressaca financeira, já que não é qualquer um pode gastar R$ 70,00 em uma semana.

Mas semana que vem a Frasqueira tem a obrigação de lotar o Frasqueirão. Vamos aguardar a definição do horário da decisão. Ao contrário do G-12, 21:45hs não é um horário habitual para o torcedor potiguar. Fica na torcida para que o jogo começe no horário ao qual estamos mais habituados, ou seja no mais tardar as 21hs.

Leandrão fica

Essa era a "bomba" que diretoria anunciaria. Confesso que esperava mais, mas tudo bem.

Leandrão já acertou para disputar a temporada de 2011.

Esse deve ser o caminho seguido por boa parte do elenco ABCdista, principalmente os mais experientes.

Existe uma preocupação iminente com a concorrência dos milionários futebol paulista, carioca, gaúcho e mineiro, porém tal concorrência só interessa aos jovens valores que jamais tiveram chances em alguma dos 12 principais clubes do país.

Leandrão já passou pelo Internacional e Botafogo, dificilmente terá uma nova chance no C-12.

O ABC tem um calendário promissor no início da temporada, com a Copa do Nordeste - ainda que esta esteja esfacelada é bem mais rentável que o Estadual - e a Copa do Brasil. Depois tem a Série B.

Além disso, tem uma estrutura muito melhor que a de clubes do interior paulista que, diga-se de passagem, estão em sua maioria quebrados e nas mãos de empresários.

Creio eu que esses argumentos são capazes de facilitar o trabalho da diretoria na busca de reforços mais qualificados.

Mesmo valorizado, Leandro Campos permanece

Se Leandro Campos foi peça-chave para a transformação do ABC num clube de porte nacional e numa potêncial regional, a recíproca também é verdadeira.

O treinador chegou desacreditado a Natal e trabalhou bastante para revigorar e valorizar a sua carreira. O ABC lhe ajudou fornecendo-o uma boa estrutura e contratando jogadores de boa qualidade.

Alguns rivais do Nordeste estão atrás dele, porém ele ficará aqui em Natal mesmo.

Nenhum comentário: