terça-feira, 26 de outubro de 2010

Salvem o FUTSAL do ABC FC

Vejo no blog do Edmo Sidenino a notícia de que o time de FUTSAL do ABC FC não participará da Superliga e que caminha a passos largos para a desativação.

Isso é muito ruim para o clube como um todo, principalmente após inúmeras conquistas em todos os âmbitos e a firmação do Mais Querido como uma importante potência nacional no esporte.

Rubens Lemos Filho e Arturo Arruda Câmara agiram como verdadeiros mecenas porém, chega uma hora em que a fonte seca.

A saída da UnP e a derrota do grupo político liderado por Vilma de Faria (com quem Rubinho tinha livre trânsito e com isso facilitou o apoio institucional para a modalidade) foram duros golpes para a manutenção do Departamento de FUTSAL.

Em um momento pra lá de festivo, acho que é hora do ABC como um todo readotar o FUTSAL.

O ABC FC não pode ser apenas futebol de campo, precisa se expandir como um clube poliesportivo. E isso tem uma importância muito grande para manter ativo o interesse do torcedor pelo clube, ainda que uma ou outra modalidade esportiva não esteja num bom momento.

Explico: Qualquer modalidade esportiva possui uma enorme dinâmica em termos de resultados. Altos e baixos faz parte do dia-a-dia dos clubes.

Tornando-se um clube poliesportivo, o ABC FC disputará várias modalidades e com isso aumentam as chances de sucesso e com isso o torcedor mantém o interesse no clube.

Quem não se lembra de 2005 e 2006, quando o time de futebol mal jogou e a Frasqueira passou a lotar os ginásios graças ao sucesso do FUTSAL? Se não fosse o futebol da bola pesada, esses anos teriam passado em branco para a Frasqueira.

2006 então foi o calvário, pois o time de futebol profissional estava em férias forçadas desde o 1º semestre, e ao mesmo tempo o time encarnado caminhava para obter o acesso a Série A.

Lembro bem que naquele fatídico sábado em que eles obtiveram o empate consagrador no Mineirão, cerca de 3000 ABCdistas se dirigiram ao Machadinho para apoiar o time na Liga do Nordeste e garantir uma vaga na Superliga, quando obteve o vice-campeonato.

O fato do time de FUTSAL ter me consolado nos períodos de vacas magras no futebol profissional já é uma razão para fortalecer mais e mais a modalidade esportiva.

Por isso, é preciso que a diretoria e os conselheiros aproveitem o embalo do acesso e cheguem junto do Departamento de FUTSAL.

Reitero o que disse em texto anterior: a vitória de domingo representou um divisor de águas na vida institucional do ABC FC, pois o clube está muito mais estruturado e creio eu que parte do dinheiro advindo do Sócio-Torcedor e da Timemania pode muito bem sustentar o FUTSAL, que tem história e merece total apoio de todos nós que fazemos o ABC FC.

Gustavo Lucena

7 comentários:

MÚSICA F. C. ! A VOZ DAS ARQUIBANCADAS. disse...

Minha solidariedade ao GRANDE Rubinho e ao INCASÁVEL Arturo Arruda, grandes GUARDIÕES da FRASQUEIRA.

Até a próxima

José Leonardo
www.musicadogol.blogspot.com

Black Ace disse...

Penso que o momento não é pra Futsal, nem pra se fazer qualquer pressão sobre a diretoria neste assunto. Cuidado com o andar que o santo, ainda, é de barro.
Vejo alguns posicionamentos de torcedores, não é o caso de vocês, sobre o ABC, e parece que o nosso time é rico e sem problemas financeiros e estruturais.
Se não der agora paciência...
Rubens vai ter que tê-la, e nós também.
Lembremo-nos que estamos à véspera de um título inédito no futebol do RN, e com grandes chances de ganhar o Nordestão.

O momento não é de cobranças.

Saudações alvinegras.

Anônimo disse...

Concordo em parte com o Black Ace. Porem, com a visibilidade que tivemos neste ultimo domingo, a diretoria poderia tentar alguns patrocinios de tiro curto para o futsal, tentando convencer a EMS, o proprio BMG, e outors. Se der deu, se nao der, paciencia.

Bruno.

Diego Ivan disse...

Amigo, sou pragmático nesses assuntos. Acho que a procura pelo Futsal no RN é fraquíssima, vejo que o torcedor Alvinegro não reconhece o ABC no ABC Futsal.

Por isso digo, se não se sustenta que acabe por cima. Infelizmente, já que Rubens Lemos, Arturo Arruda, Canindé Claudino e tantos outros, fizeram resurgir o Futsal do RN.

O ABC FUtebol Clube nesse momento se estrutura (por que nunca foi estruturado). Concordo com Black Ace, nesse momento as atenções tem que se voltar para o campo.

A verdade é que o Futsal no RN se acabou a pelo menos 10 anos, quando AABB, América e outros times tradicionais da modalidade foram extintos. Antes do ABC investir no esporte, a Federação deveria fomentar o ressurgimento do esporte.

Vamos pra frente...

Abraço!!!

Vicente Prudêncio disse...

O Futsal deve ser um departamento autônomo. Deve haver um patrocínio especifico para ele. Se não houver, o futsal não pode pretender sobreviver do futebol de campo. Infelizmente, deve ser assim. Vamos torcer para que alguma empresa se mobilize e apoie o ABC Futsal.

Anônimo disse...

No dia em que o América subiu para a série A em 2006, contra o Atlético-MG, teve jogo de futsal.

Foi o FUTSAL quem segurou a peteca e o orgulho e vaidade da frasqueira, mas como o futebol de campo tá por cima, agora querem desmerecer o futsal.

Brasileiro tem uma memória curta do caralho.

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Daienne