sábado, 30 de outubro de 2010

ABC rasga bilhete premiado da Megasena

Visitando o Salgueiro, o ABC empatou por 1 a 1 pela semifinal do Campeonato Brasileiro. Os gols do jogo foram de Jackson e Jackson, do ABC e do Salgueiro respectivamente.

Vamos começar pelo bilhete premiado... O arbitro do jogo Arilson Bispo da Anunciação acertou ao expulsar o jogador do Salgueiro, senão vejamos: a falta foi por trás, carrinho/tesoura e a bola estava no meio de campo. A marcação foi perfeita, assim como a expulsão do Pio do ABC no segundo tempo. A sorte que o ABC teve não é todo dia que se tem. A gente assiste cada absurdo da arbitragem que quando um deles acerta, ainda tem gente que discorda.

Mesmo com a vantagem numérica o ABC foi incapaz de colocar a bola no chão e resolver a sua vida ainda no primeiro jogo. O Gustavo Lucena já escreveu sobre isso, num texto logo abaixo, mas eu não me contenho. O ABC rasgou uma Megasena premiada. Uma moleza como essa de hoje, o ABC não terá tão cedo.

O comportamento da equipe nos primeiro 45 minutos foi ridículo, ninguém era de ninguém. Todos, eu disse todos estiveram abaixo da média deste time. A honrosa exceção é a do lateral Renatinho Potiguar, que durante todo o jogo, luziu de maneira bastante importante.

O que foi a atuação de Tiago Garça e Leonardo? Os dois hoje só poderiam estar fazendo testes para algum circo de horrores. A segurança que tiveram contra o Águia hoje sumiu. É verdade que o setor de pegada do time também deixou a desejar, Ricardo Oliveira e Basílio foram observadores privilegiados do jogo. Pio para complicar acabou expulso após inexplicavelmente cometer uma falta, absolutamente desnecessária, jogadinha morta e ele entrou matando. Segundo amarelo e vermelho.

Jackson não pode carregar o piano sozinho no meio de campo. Se pio estava apagado, Jackson foi junto.

No ataque Leandrão se desmanchando em b***a só jogou um tempo. João Paulo tem que se acalmar, tá ansioso, tá errando muito e participando pouco dos jogos. É hora de alguém chegar junto do jogador ou então lançar o Éderson, que se não é tecnicamente um bom jogador, pelo menos aparenta estar com fome de bola.

A sorte deste jogo e o azar do próximo é que o Salgueiro estava com 5 desfalques, o ABC tinha tudo para se sobressair tecnicamente, coisa que não o fez. Já para o próximo compromisso, o Salgueiro virá a Natal completo e o ABC desfalcado de Leonardo e Basílio suspenso pelo 3º amarelo e Pio expulso.

A vantagem do ABC para mim inexiste. O 1 a 1 da ida possibilita ao ABC jogar pelo empate de 0 a 0 na volta. Se o placar do primeiro jogo se repetir, teremos disputa da vaga a final nos pênaltis. Vitórias tanto para ABC e Salgueiro, classificam o vencedor.

O próximo compromisso entre essa duas equipes será no sábado dia 6, as 16:00hs. Os ingressos para essa partida já estão a venda, com os mesmo valores dos da ultima.

Ficha técnica

Local: Estádio Arruda, Recife/PE.

Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação(BA).
Assistente 1: Adailton de Jesus Silva(BA).
Assistente 2: José Riamundo Dias da Hora(BA).

Salgueiro(1): Luciano; Rogério Riws, Eridon, Ney Carioca e Serginho; Lismar, Pio, Jackson(1)(Wendell) e Paulinho; Fágner e Júnior Ferrim. Técnico: Cícero Monteiro.

ABC(1): Wellington, Sueliton, Tiago Garça, Leonardo e Renatinho Potiguar; Basílio, Ricardo Oliveira(Bileu), Pio e Jackson(1)(Claudemir); Leandrão(Éderson) e João Paulo. Técnico: Leandro Campos.

Nenhum comentário: