domingo, 11 de julho de 2010

Copa do Mundo #93

O gol de Iniesta na prorrogação corrigiu um possível erro histórico. Lamentável final que fez a Holanda, talvez se fosse uma final do Taekwondo a Holanda tivesse levado. Apesar da total justiça da presença Holandesa na final, mas a Holanda não jogou futebol. Jogadores como Von Bomel, De Jong, Heitinga e Mathijsen, verdadeiras maquinas de moer carne que passaram a Copa do Mundo toda descendo a porrada em quem quiseram.

Mesmo assim, a Espanha conseguiu superar ao que se resumiu o futebol Holandês. Tecnicamente superiores, a Espanha conduziu a Holanda a um final digno de uma tourada. Como jogaram Xavi e Iniesta, e na prorrogação do banco veio o Fabregas. Mereceu vencer, tinha time, tinha banco, tinha técnico e a partir de hoje tem camisa. 

Final de Copa do Mundo pra ninguém botar defeitos, a Holanda talvez tenha tido mais chances de gol que a Espanha, mas foi só 1 a 0 para a Espanha. 

Ficha Técnica

Holanda(0): Stekelenburg, Van der Wiel, Heitinga, Mathijsen e Van Bronckhorst (Braafheid); Van Bommel, De Jong (Van der Vaart) e Sneijder; Kuyt (Elia), Van Persie e Robben. Técnico: Bert van Marwijk.

Espanha(1): Casillas, Sergio Ramos, Piqué, Puyol e Capdevila; Xabi Alonso (Fabregas), Busquets, Xavi e Iniesta(1); Villa (Torres) e Pedro (Jesus Navas). Técnico: Vicente del Bosque.
Photobucket

Nenhum comentário: