sexta-feira, 2 de julho de 2010

Copa do Mundo #85

Muita garra, muita mesmo. Se tem um time que luta contra a suas próprias deficiências é o Uruguai, sejam técnicas ou físicas. A deficiência técnica acaba por influenciar fisicamente o desempenho do time, já que a equipe Uruguaia não tem correspondentes técnicos no banco, o que força jogadores como Soares e Forlan ao limite em todos os jogos.

Gana é um time Europeu, muita disciplina tática e pouca fantasia. Apesar de boa parte dos jogadores Ganeses não terem nascido em Gana, o problema é a Europeização do futebol Áfricano como um todo. Resultado, pragmatismo como escola, e eles fazem isso muito bem.

O jogo foi bom, nada espetacular, mas sempre emocionante, como em jogos netas fase. Com algum requinte de crueldade, principalmente quando depois de uma confusão na área, Luís Soares botou a mão na bola para evitar um gol. Penalti aos 15 minutos do segundo tempo da prorrogação, Gyan na bola, e bola no travessão. Resultado, decisão por penaltis. Aí é competência, Uruguai venceu com um ultimo penalti convertido pelo fanfarrão Loco Abreu, que cobrou a lá Panenka dando uma cavadinha na bola. 

Uruguai e Holanda se enfrenta na próxima terça-feira pelas Semifinais.

Ficha Técnica

Uruguai(1)(4): Muslera, M. Pereira, Lugano (Scotti), Victorino e Fucile; Pérez, Arévalo Rios e Fernández (Lodeiro); Forlán(1), Suáres e Cavani (Loco Abreu). Técnico: Oscar Tabárez.

Gana(1)(2): Kingson, Pantsil, Vorsah, Mensah e Sarpei; Annan, Inkoon (Appiah), Asamoah, Prince e Muntari(1) (Adiyiah); Gyan. Técnico: Milovan Rajevac.

Primeira semifinal definida, é Uruguai e Holanda. Tradição não falta, principalmente nos bicampeões, mas não se enganem a Holanda não é boba não. 
Photobucket

Nenhum comentário: