sábado, 24 de julho de 2010

ABC empata amistoso

Não fui ao amistoso realizado hoje no Frasqueirão, ABC 1 x 1 Botafogo, mas pelo o que pude ouvir pelo radio e principalmente pelo relato de amigos que foram ao Frasqueirão, posso escrever alguma coisa sobre o jogo. Os gols do jogo foram de Chapinha para o Botafogo e Edson para o ABC.

O resultado do jogo não importa, enfrentar ou não, o Botafogo amistosamente não mudará o preço do Dólar. Isso para o torcedor, mas para os jogadores que entraram em campo hoje, esta partida ganha contornos mais do que especiais. Principalmente para o técnico Leandro Campos, que precisa testar jogadores que ele tem no elenco, mas que não utiliza com frequência em jogos oficiais. É o caso dos novos contratados e de alguns que não tem oportunidades no time de cima. 

A verdade é que o Botafogo endureceu o jogo, num esquema retrancado, bem ao estilo de seu técnico, Francisco Diá. Mesmo assim, o desempenho do meia Gabriel Pimba, meia-atacante Gabriel, zagueiro André Alves e o atacante Felipe Moreira, foi abaixo da critica. Eu destaco mais um fiasco dos Gabrieis; o Potiguar repetiu mais um dos vários fiascos vestindo a camisa do ABC, o Pimba lamentavelmente nunca vi jogar em alto nível no ABC.

Os estreantes, o meia Juninho e ala-esquerdo Renatinho Potiguar, estiveram relativamente bem, ambos com sua deficiência. O Juninho muito fora de ritmo, já o Renatinho completamente sem entrosamento. Pelo que visto, ambos acabarão entrando no ritmo do time e acrescentando tecnicamente ao padrão de jogo Alvinegro.

Agora eu destaco Edson, que sem sombra de duvidas não pode ser mais considerado um zagueiro. Jogo após jogo o lateral direito do ABC se mostra pronto para em algum momento vestir a camisa de titular na posição. Ofensivamente seu futebol cresceu, defensivamente permanece muito seguro. Depois escreverei a respeito. 

Vou encerrando agradecendo aos que ajudaram a escrever essa resenha, valeu turma.
Photobucket

Nenhum comentário: