sábado, 12 de junho de 2010

Técnico mexe errado e ABC só empata

O Alvinegro foi a Salvador enfrentar o Vitória e empatou por 2 a 2. Os gols do jogo foram de Zulu duas vezes para o ABC, Ramon e Schwenck para o Vitória.

Ainda meio zureta depois de uma maratona de 6 horas de futebol, três jogos de Copa do Mundo e mais o jogo do ABC, vou tentar escrever algo sobre o ABC.

O jogo era do ABC, que dominou o primeiro tempo. O futebol de Cascata e a boa movimentação de Claudemir ditaram o ritmo do jogo no primeiro tempo. O Vitória apenas dominou a bola sem levar perigo a meta Alvinegra. 

Zulu cumpriu o que dele se espera, recebeu com chances de marcar e marcou dois neste jogo. Como eu já vinha alertando anteriormente, Zulu não é um craque, é apenas um fazedor de gols. 

No segundo tempo o ABC foi bem até marcar o 2 a 0, depois o time se encolheu, deu espaços para o Vitória que gostou do jogo, acreditou numa possível virada e arrancou o empate. A ajudinha da arbitragem foi primordial, já que o gol de empate foi efetuado numa cobrança de pênalti que não existiu. A falta que gerou o pênalti foi realizada fora da área.

O que realmente proporcionou o empate baiano, foram as alterações que Leandro Campos efetuou no jogo. Quando o ABC era mais atacado, Leandro tirou João Paulo e colocou Ederson, quando na verdade era para tira Zulu, que no fim do segundo tempo só fazia figuração. Com a alteração o ABC permaneceu encolhido e nem os contra-ataques o time tinha condições de fazer. 

O destaque positivo do jogo foram as boas atuações de Castata e Claudemir, que envolveram a defesa rubro-negra.

O destaque negativo foram, o lateral Ronaldo que mais uma vez foi muito mal e o técnico Leandro Campos que mexeu muito errado no jogo.

O ABC volta a campo na próxima quarta, quando enfrentará o Sergipe pela 3ª rodada do Campeonato do Nordeste. O jogo está marcado para as 19:00hs, pelo menos até que a Liga não resolva mudar tudo de ultima hora.

Ficha Técnica

Local: Estádio Barradão, Salvador/BA

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento/AL
Assistente 1: Thalis Augusto Monteiro/AL
Assistente 2: Lennon Maccatey Farias/AL
4º Árbitro: Daniela Coutinho Pinto/BA

Vitória(2): Vinicius, Rafael Cruz, Gabriel, Vilson e Maurim (Fernando), Marconi, Jonas, Evandro (Renato(1)) e Renan Oliveira, Lenilson (Jackson) e Schwenck(1). Técnico: Flávio Tanajura

ABC(2): Wellington; Ronaldo(Bileu), Thiago, Leonardo e Renatinho; Basílio, Ricardo Oliveira, Claudemir (Ewerton César) e Cascata; João Paulo (Éderson) e Zulu(2).
Photobucket

2 comentários:

Vicente Prudêncio disse...

Não vi i jogo, mas confio no seu comentário, de grande valia aos internautas abecedistas, vale ressaltar.

Pelo jeito, o Leandro Campos vem fazendo besteira atrás de besteira. Perdemos quatro pontos que cabiam fácil em nossa conta...

Mas, passando a régua, vamos ao Frasqueirão na quarta (é na quarta mesmo?), para ABC x Sergipe. Gostaria de ver Éderson e João Paulo formando dupla desde o apito inicial. Se não acontecer, uma vitória será pelo menos de bom grado.

Aliás, vitória na quarta é obrigação. SObre o novo plano de sócios, é +/- tudo que eu esperava para o ABC. Acho que a diretoria está no caminho certo.

R$ 30,00 para as arquibancadas e R$ 10,00 para obter o desconto, como acontece em bandas gaúchas. Agora o torcedor do ABC não tem mais motivo para não se associar ao Mais Querido...

Alex Medeiros disse...

Fala Diego,

Como já alertado pelo nosso amigo de arquibancada Paulo, o ABC novamente ficou sem pernas no segundo tempo, acho que deveríamos rever o trabalho da nossa preparação física. Esse problema já é recorrente nos últimon anos.

Valeu