terça-feira, 15 de junho de 2010

Copa do Mundo #36

Jogando muito mal o Brasil venceu a Coreia do Norte por 2 a 1. Pode até ser um contrassenso, mas o fato é que a vitória foi a única coisa boa da estreia Brasileira no Mundial da África.

Ficou claro que Kaká apenas faz figuração neste time do Dunga, jogando na base do Toquinho de lado e se escondendo do jogo na parte do campo onde a bola menos passava, a esquerda. Quando tentou ir ao lado direito, Kaká errou vários passes emperrando o jogo no lado que mais se destacou neste lado.

Ficou claro também que Luís Fabiano está nitidamente incomodado com falta de gols nos últimos jogos pela Seleção. Esteve afoito e precipitando algumas situações. 

Agora, se tem um jogador com sorte é esse Elano, marcou um gol hoje e só era de longe o pior em campo. Digo mais, Elano só joga por que tem uma situação de jogo em que ele é mais eficiente que os outros, os cruzamentos em bolas paradas. Qualquer outra situação de jogo ele é o mais fraco dos que compõe o meio de campo.

A defesa esteve bem, Juan impecável na marcação do melhor jogador Norte Coreano. Lúcio comeu mosca no fim do jogo quando os Coreanos marcaram. Ele pensou que o meia fosse chutar de fora da área, foi pego de surpresa quando o mesmo avançou para dentro da área Brasileira.
O resultado foi justo, não que a Coreia merecesse fazer algum gol, mas o Brasil jogou muito mal, venceu mas não convenceu.

Para a próxima partida eu testaria alguma alteração no meio de campo, quem sabe a saída do Kaká e a entrada do Julio Batista, ou a saída do Elano e a entrada do Daniel Alves. Pelo menos uma dessas duas seria suficiente para que o time ganhasse em disposição, por que em técnica o time é limitado e nós sabemos disso desde a convocação.

Ficha Técnica

Brasil(2): Julio Cesar, Maicon(1), Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto SIlva, Felipe Melo (Ramires), Elano(1) (Daniel Alves) e Kaká (Nilmar); Robinho e Luis Fabiano. Técnico: Dunga.

Coreia do Norte(1): Myonge Guk, Jong Hyok, Chol Jin, Jun Il, Nam Chol e Kwang Chon; In Guk (Kum Il), Yun Nam(1), Yong Jo e Yong Hak; Tae Se. Técnico: Kim Jong Hun.

Photobucket

4 comentários:

Gustavo Lucena disse...

Diego Ivan, Júlio Baptista, não, 1000 vezes não! Esse cara é um Marcelinho (sim, aquele mesmo que assombrou no ABC em 2008) que teve sorte na vida.

Além do DondoKaká, eu tiraria o Luís mascarado Fabiano.

Essa seleção do Dunga é uma tristeza, eu mesmo nem vibrei com os gols.

Os melhores momentos da partida sem sombra de dúvida foram: o choro do principal jogador norte-coreano na execução do hino e gol que eles marcaram depois de tantos anos fora de uma Copa, que foi vibrado de maneira ímpar.

PS: Diego Ivan, vc não é normal, como tens estômago para assistir Nova Zelândia x Eslováquia e Argélia x Eslovênia? Acho que só vc aqui no RN que acompanhou esses jogos. Heheheheeheheh...

Diego Ivan disse...

Sobre o Kaká é simples, tem que mudar o time, mas as opções do banco são limitadas. Só tem o Baptista mesmo. O L. Fabiano deverá jogar melhor no próximo jogo, tava muito nervoso.

Velho eu tava hoje no oftalmologista e para passar o tempo tive que assistir umas duas horas de pelada. O da Argélia foi imoral mesmo.

Abraço!!!

fernando disse...

eu entro nesse blog para ver coisas relacionadas ao ABC!

Diego Ivan disse...

Fernando, leve a mal não, mas vou continuar escrevendo sobre a Copa, do mesmo jeito que venho fazendo até agora.

O ABC tem todo dia aí, Copa só de 4 em 4 anos.

Mesmo assim venho colocando noticias resumidas sobre o ABC, mas nada impede que os outros blogueiros deste Blog escrevam sobre o Alvinegro. Eu só tô dizendo que meus três posts sobre os jogos do dia na África permanecerão.

Abraço!!!