domingo, 23 de maio de 2010

Sexta da copa, excepcionalmente hoje, domingo

Como o nosso colega Diego Ivan está sem internet desde a última sexta-feira, e por isso não tivemos a sua coluna sexta da copa, peço licença ao mesmo para publicá-la hoje, domingo, excepcionalmente.

A curiosidade sobre a copa que vou contar nesse espaço ocorreu no período que o futebol como um todo estava em transição do esporte amador para o profissional e que contempla as copas entre 1930 até 1950.

Nas 4 primeiras copas do mundo (1930, 1934, 1938 e 1950) não ocorreram eliminatórias, as seleções eram convidadas a participarem do torneio e sendo assim, a seleção inglesa (dos criadores do futebol), achava que o "English Team" estava acima de todas as seleções existentes no mundo naquele momento, e resolveram não participar das copas de 30, 34 e 38. Os argumentos utilizado pelos ingleses para não participarem das três edições foram que eles eram invencíveis e achavam que sua supremacia não precisava ser testada diante de rivais inferiores.

Depois de ser convencida a participar da copa de 1950 (no Brasil), a até então "invencível" seleção inglesa enfrentou os amadores dos Estados Unidos e os norte-americanos ganharam o jogo por 1 x 0, o que é considerado por muitos a maior zebra da história do futebol, pois todos os jogadores ingleses já eram profissionais e jogavam em grandes clubes do seu país, além do fato da autoconfiança dos mesmos, como já reportado acima.

A vitória da Inglaterra nesse jogo contra os americanos era tão dada como certa que quando os jornais ingleses receberam o placar da partida pelo telégrafo (um dos meios de comunicação da época), acharam que era um erro de digitação e corrigiram o mesmo para 10 x 1 em favor dos ingleses. Isso é que é ser arrogante :)

PS: A partir da copa de 1954 começaram a ser disputadas as eliminatórias classificatórias para o mundial.

PS2: Os dados (fonte) utilizados para a postagem dessa coluna foram retirados do "Dossiê história das copas" da Abril Coleções.

Espero ter conseguido substituir o colega Diego Ivan a altura em sua coluna.

Abraços a todos os leitores do BPA.
Photobucket

Nenhum comentário: