sexta-feira, 28 de maio de 2010

Drops do dia seguinte a uma noite HISTÓRICA! (28/5/2010)

Aprendam e morram de inveja, pakitada, gambazada, porcada, gauchada, etc.!

Mais Querido não amarelou perante a poderosa camisa do Boca Juniors.

Fez algo que nos últimos anos muito peixe graúdo do futebol brasileiro deixou de fazer por conta do complexo de vira-latas e das amareladas habituais.

A piada pós-jogo era de que o ABC fez algo que o Corinthians nunca fez, ou seja, derrotou um time não-brasileiro.

Isso mostra que em termos de Libertadores, o Mais Querido sempre terá mais chances de ser campeão do que a gambazada do Parque São Jorge.

Ahahaahahahaah.

Numerário de torcedores decepcionou

Confesso que fiquei decepcionado com a presença de público.

Esperava pelo menos umas 8 mil pessoas, mas acho que ficou abaixo disso.

O preço dos ingressos não justifica a ausência, pois tratava-se de um evento especial. Não é todo o dia que um clube da tradição do Boca Juniors aparece por essas bandas.

Se o torcedor mais humilde ainda pode se desculpar, o mesmo não se pode dizer dos torcedores mais abastados e elitizados, pois ficou a impressão que mesmo esse tipo de torcedor esteve ausente.

Menos mal que a torcida que esteve presente estava instigada e apoio o time até o final.

O mulheril e o manicaca

Mesmo com um numerário abaixo das nossas tradições, impressionou-me a quantidade de mulheres bonitas e charmosas presentes no Frasqueirão. Nunca tinha visto o nosso caldeirão com uma presença feminina tão marcante.

Pena que esse manicaca que vos escreve - temerário em levar uma bronca da patroa - se esqueceu de tirar umas fotos das belas garotas que povoaram o Frasqueirão ontem com o fito de baixá-las aqui no BPA, embelezando um pouco mais blog.

Impren$a escrota

Somente ontem soube que alguns "profissionais" da imprensa estavam fazendo uma anti-propaganda do jogo.

Disseram-me que o Emerson Amaral ficou o tempo todo tirando onda, usando o microfone para denegrir a imagem do ABC FC.

Me lembrei certa vez em 2007, quando ABC e o Japecanga jogavam no mesmo dia em Natal, ambos disputando Campeonato Brasileiro.

O 'jornalista" Robson Coelho usou de uma TV Pública (TV Câmara) para fazer apologia para que os torcedores do ABC boicotassem o próprio clube porque o mequinha jogaria a Série A e deveria ser prioritário.

Isso soou como um absurdo que no outro dia Edmo Sidenino teve que em nome da produção do programa escrever uma desculpa pública para a diretoria e para a Frasqueira no Diário de Natal.

Ou seja, fica claro que existe um bloco de jornalistas infiltrados na mídia que não sabem ser profissionais.

É por conta dessas atitudes que cada vez mais a impren$a brasileira afunda ao grau mais baixo da respeitabilidade pública.

Quanto ao jogo...

Os jogadores do ABC entraram com todo o vapor.

Também pudera, o Boca é uma bela vitrine, e os jogadores obviamente não deixariam a oportunidade de mostrarem serviço perante os argentinos e quem sabe assinar com eles.

João Paulo foi a estrela da companhia.

Porém merece destaque os volantes titulares e reservas, principalmente o Basílio.

Apenas o Zulu destoou do time, pois ele é muito pesadão e desengonçado. Confesso que não morro de amores por esse tipo de atacante, o centroavante pivôzão e grandalhão, acho que é uma característica de jogador ultrapassada. Ele me lembra muito Adelino, Vinícius, Selmir e outros atletas fracos.

Do time do Boca, o destaque foi o goleiro, em noite inspiradíssima.

Que venham novos amistosos deste porte

O ABC inaugurou uma nova etapa de sua vida, que é a de organizar amistosos contra clubes de grande relevância internacional.

Vamos torcer para que ano que vem apareça outro grande nome do futebol internacional.

No entanto é preciso também que haja uma adequação do calendário brasileiro ao calendário europeu, pois tantos os clubes argentinos como os europeus tiram férias no mês de junho e realizam amistosos no mês de julho.

O ABC deu sorte que neste ano é Copa do Mundo e que por isso os campeonatos nacionais costumam encerrar mais cedo.

A diretoria está de parabéns, fez a sua parte, buscou colocar o Mais Querido em evidência.

Gustavo Lucena


Photobucket

Nenhum comentário: