quarta-feira, 3 de março de 2010

Mais uma da BWA...

Eita empresinha boa, e olhe que a BWA detém quase que um monopólio da confecção de ingressos. É incrível que o numero de denuncias de irregularidades que esta empresa está envolvida. Fazem parte do métier tenebroso, uma rede de cambistas, atrasos no envio da carga de ingresso, falsificação e agora mais outra.

O borderô de alguns jogos do Campeonato Carioca simplesmente não registram o numero total de torcedores em todos os setores dos Estádios envolvidos. No jogo Tigres do Brasil e Botafogo, realizado em São Januário, não foi registrado nenhuma compra de ingresso para o setor das cadeiras, apesar de haver vários registros visuais do ocorrido.

Amigos a coisa é simples, têm nêgo fraudando os borderôs, seja subtraindo a renda do jogo ou a Receita Federal. Segundo a FERJ, Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, a BWA tem a responsabilidade de fornecer além dos ingressos, a estatística da presença de publico nos jogos do Carioca.

A BWA nega qualquer erro, mas com o histórico da empresa, fica difícil acreditar. A FERJ também não fica para trás, já que é useira e vezeira de artimanhas e patacoadas.

Agora fico eu pensando, por que Clubes como Palmeiras não utilizam mais os serviços desta empresa, brincadeira...

É o ABC ainda é cliente desta turma.

papoalvinegro@gmail.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Não precisa ir muito longe.

Nos jogos do próprio ABC é só olhar a qtde de gente nas cadeiras e CONTAR...isso mesmo....

No borderô vem umas 60 pessoas aproximadamente em jogos pequenos, mas in loco se constata bem mais.

Isso, desconsiderando os cadeirantes que optam por assistir o jogo nas arquibancadas ao lado de um amigo ou familiar por exemplo.

Essa é uma prática comum no ABC q desconsidera as cadeiras CATIVAS no público PAGANTE.

Ora, o cadeirante PAGA CARÍSSIMO, como não entrar no público pagante?

O ABC tem mais de 800 cadeirantes.

A mesma coisa vale para os camarotes....se não me engano são 20 senhas por camarote.(PÚBLICO PAGANTE)

Isso acaba diminuindo a média de público e prejudicando a imagem do clube.....

A proposta da atual diretoria não era exatamente valorizar a auto estima do torcedor e a imagem do clube?

Breno

Diego Ivan disse...

É Breno, pode ser...

Mas veja que nas cadeiras estão, jogadores não relacionados, diretores e cadeirantes(que não são poucos), além dos que pagam para sentar ali.

No caso do Rio, o jogo só tinha torcida do Botafogo, pouquíssimos e o borderô marcou 0 cadeirantes, esse é o detalhe.

Abraço!!!