terça-feira, 2 de março de 2010

Didi se foi, ou não, mas a culpa é dele?

Esse começo de ano Alvinegro deve ser tirado como uma lição, isso mesmo, uma lição para esta nova diretoria que assumiu o ABC no início do ano. Erros foram cometidos, isso é notório, mas o pior é que alguns desses erros são os mesmos da gestão passado.

1- Qual é a política esportiva do Clube?

O primeiro erro da nova diretoria foi não definir qual seria a política esportiva, ou seja, investir nas base ou nas contratações. Tem que ficar claro qual é a intenção; revelar jogadores ou contratar. O técnico Didi sempre declarou a sua predileção pelo trabalho com a base, e olhe que no início foi assim, só que de repente começaram a pipocar no Clube todo tipo de atleta no ABC desvirtuando o trabalho do profissional. Jogadores em posições ocupadas pelos locais, mas em outras como nas laterais ninguém contratado.

Tem que se avaliar as base e verificar a possibilidade de sua utilização ou não, depois contratar um técnico com o perfil certo, ou para trabalhar com os garotos, ou para trabalhar com as cobras. Sob pena de sempre termos que recomeçar.

2- Além disso, se o Clube não tem como contratar, falta dinheiro, não adianta contratar por contratar, ou contratar por baciada. Tá na cara de todo mundo que jogadores como os volantes Bileu e Pedrinho, os atacantes Carlinhos e Ricardo Costa, o goleiro Yamada e o meia Nino, não tem condições de vestir o manto Alvinegro. Isso por que eu não falei de uma meia dúzia, de cinco ou seis, que nem relacionados são, tipo o zagueiro Cleiton Mineiro. É melhor não tê-los no elenco, do que inchando a folha de pagamento do Time.

Esse relato é apenas o b-a ba do que deu errado para o ABC, eu poderia ter falado também dos 15 dias de pré temporada, da divida de R$ 2.800.000,00, ou dos 4 atletas profissionais no início do ano, mas a culpabilidade também recai sobre a diretoria anterior. O fato é que Rubens Guilherme e sua diretoria estão aí para equacionar esses problemas, por isso te vira garoto...

papoalvinegro@gmail.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso o jabá rolando feito a porra na imprensa do RN.

Ninguém fala mal do ABC, mas só de Didi Duarte.

Jabá uma porra, é file agora.

Gibson Azevedo disse...

Nenhum técnico pode fazer milagres. "Não se pode fazer almelete com a falta de bons ovos". Com Didi Duarte não podia ser diferente. Este time do mais querido, em pouco difere de equipes amadoras. É de uma falta de categoria!... Isto, pese-se que o atual campeonato, está sendo o mais fraco que eu já tive notícia. Vejam os finalistas do 1º turno: tanto o América quanto o Coríntians, são fraquíssmos - jogam um futebol medíocre.
Não me lembro de ter havido pasmaceira maior.
Parece que o RN tornou-se, no tocante ao futebol, um paraíso dos párias e velhacos do eterno movimento migratório que existe no caquético futebol nordestino. Só pode ser isto! Por aqui já passou tanta nulidade!...