quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Primeiras missões do futuro mandatário: acabar com o entulho autoritário e escantear a vanguarda do atraso.

Tudo indica que mais uma vez vamos presenciar uma tancredada* no ABC FC.

Rui Barbosa desistiu e aderiu a candidatura de Rubens Guilherme.

A tendência é que Gláucio Uchôa também abra mão de sua candidatura.

É possível que ambos sejam cooptados com cargos importantes dentro do ABC neste próximo triênio.

Eu preferia que houvesse disputa, o debate de idéias, de como o ABC deve ser conduzido.

No entanto, reconheço que não haveria tempo para o embate de idéias, o que enriqueceria e muito a vida política do Mais Querido.

Mas também a ausência dos associados (patrimoniais, sócios-torcedores, donos de frações do Frasqueirão) tira o total brilho de uma disputa eleitoral.

De qualquer forma, o consenso deverá prevalecer e considero que num primeiro momento, o mandatário tem que colocar como 2 metas primordiais a nível de instituição:

1º) Acabar com o entulho autoritário vigente no ABC FC, extinguindo as eleições indiretas e as reeleições constantes, implantando um sistema de rodízio na diretoria/conselho a cada 3 anos. As eleições diretas com certeza engradeceriam o Mais Querido, estimularia a Frasqueira a se associar e participar da vida ativa do clube. Como o Novo Estatuto ainda está em estudo, há tempo para tornar isso realidade.

2º) Escantear a vanguarda do atraso. De nada adianta mudar a figura principal se algumas figuras que representam o retrocesso continuarem com cargos na diretoria. E vocês sabem muito bem quem são esses ícones do atraso, que buscam a todo o custo enganar o torcedor e querer deixá-lo a margem do dia-a-dia do ABC. Essa medida é a mais imediatista de todas, pois assim que tomar posse, basta que o novo Presidente não nomeie os sanguessugas que nós conhecemos.

É claro que, além dessas metas, o novo Presidente terá que investir maciçamente na formação de um time competitivo, na captação de recursos financeiros para tornar o ABC FC autosustentável e principalmente buscar trazer de volta a Frasqueira, fazendo com que ela volte a ter importância primordial dentro do clube.

Estou em compasso de espera e torcendo para que o novo Presidente me surpeenda positivamente.

No entanto, continuarei fazendo o meu papel de fiscalização e cobrando ações em prol do ABC FC.

Gustavo Lucena

3 comentários:

Abecedista disse...

Valeu Gustavo. Muito lúcido...

Torçamos para que já em janeiro o novo estatuto seja discutido e quem sabe aprovado...

Pelo menos, graças à Deus, à primeira vista, Judas está fora do centro de comando...

Bons votos para o ABC FC em 2010...

Sds.

Abecedista.

fernando disse...

infelizmente judas e sua corja continuaram no comando. essa era a hora de uma auditoria nas contas clube, mas com a eleicão desse pre-posto de judas as coisas continuaram do jeito que esta. de resto é so lamentar.

Alex Medeiros disse...

Olá Gustavo Lucena,

Iremos todos juntos ficalizar o nosso Mais Querido.

Um grande abraço.