domingo, 15 de novembro de 2009

O dirigente Judas Tadeu x A pessoa Judas Tadeu

É preciso sempre deixar isto bem transparente para o torcedor e para quem nos ler.

Temos que separar as coisas, pois por trás do dirigente existe um pai de família e marido que merece o nosso respeito, principalmente porque ele nunca fez mal algum a minha pessoa.

Como dirigente, Judas Tadeu Gurgel vem sendo lastimável neste último triênio, vem cometendo muitos erros, principalmente o de querer "tirar o dele da reta" ao não querer assumir o seu quinhão de culpa nos resultados pífios de 2009. E as falhas não são restritas futebol apresentado dentro das 4 linhas, pois houveram fiascos de ordem administrativa e logística.

A desvalorização da marca ABC FC e a falta de investimentos para aumentar o quadro associativo, além da manipulação equivocada do preço dos ingressos também contribuíram para o fracasso.

E na entrevista que ele concedeu na Rádio Globo Natal neste fim de semana foi mais uma para sua coleção de infelicidades despejadas na mídia.

Continuarei a defender o afastamento do dirigente Judas Tadeu do comando do ABC para o próximo triênio porque entendo eu que o Mais Querido precisa de uma oxigenada administrativa e principalmente precisa implantar um modelo democrático, onde o torcedor possa ser decisivo e ter vez e voz de maneira efetiva e real.

Acho que o ciclo dele está exaurido. Foi arrojado em sacrificar parte do terreno o Mais Querido em prol do fortalecimento do Complexo Esportivo Vicente Farache e ser o grande entusiasta da construção do Frasqueirão (note a diferença de termos: JT foi o ENTUSIASTA e NÃO o CONSTRUTOR do Estádio, que só foi possível porque o Conselho aprovou).

Como ser humano, nada contra tenho o Sr. Judas Tadeu Gurgel. É sem sombra de dúvidas um gerente de sucesso, que subiu na vida de maneira digna e admirável.

Não é a toa que é o principal representante da SAM´S - a maior e mais tradicional empresa do RN - pelo Brasil afora.

Inclusive ele sempre me tratou muito bem quando fui ver os treinos do ABC, nada tenho a me queixar dele.

Tenho certeza que os protestos de ontem foram contra o dirigente e não o ser humano.

E ele precisa entender isso, pois o ABC é uma entidade movida pelo jogo político.

Tanto é fato que até onde eu sei o ser humano Judas Tadeu não foi agredido fisicamente, nem ele nem a sua família.

Gustavo Lucena

Photobucket

2 comentários:

Gilvandro Alves disse...

Sá para fazer um reparo no texto a SAM'S não é a maior, nem a mais tradicional empresa do RN. A Cosern e a Guararapes são maiores, para citar apenas duas. Se considerarmos a fusão da SAT com a ALE, cuja sede é em Natal, então essa empresa é de longe a maior do estado. Lembrando que nenhuma patrocina o futebol do RN.

Gustavo Lucena disse...

Gilvandro, o mercado da SAM´S não se restringe ao Brasil, é internacional, ou seja, muito mais amplo que as empresas que você citou.

A SAM´S é sim a principal empresa do RN, apesar do crescimento do Grupo Guararapes.

Talvez por isso a empresa da família Gadelha-Simas foi uma das mais afetadas pelo estouro da bolha neoliberal, pois os principais mercados consumidores estrangeiros deixaram de comprar os produtos.

Teve também a morte do patriarca Simas e a briga pelo patrimônio da empresa, que inclusive afetou o apoio da empresa ao Mais Querido.