sábado, 12 de setembro de 2009

É continuar remando

O ABC empatou o seu quarto jogo na Serie B, na verdade não conseguiu segurar o placar no final do jogo contra o Fortaleza, por isso a coisa permanece complicada para o alvinegro. O placar de 3 a 3 foi no mínimo injusto, os gols do jogo foram de Rogerinho, Marcelo Nicácio e Luiz Carlos, para o Fortaleza, Selmir, Junior Negão e Ricardinho, para o ABC.

video

A escalação proposta pelo técnico Flávio Lopes no inicio do jogo facilitou as coisas para a equipe local. A péssima marcação certamente foi o ponto mais fraco no primeiro tempo, com isso o ABC apenas observou o Fortaleza se insinuar até marcar o primeiro gol do jogo. O volante Augusto Recife não destruía, Gedeon não ajudava e Tucho apenas se arrastava.

Apesar desse panorama o primeiro gol foi de falta, Rogerinho do tricolor chutou cruzado e Raniere aceitou. Não é de hoje que digo, a principal deficiência de Raniere é o péssimo aproveitamento em cobranças de falta.

Após o gol o ABC acordou, Gedeon também, e assim sendo o time alvinegro começou a utilizar as armas que conhece para vencer. As subidas de Bosco pela direita e o bom futebol dos dois atacantes, acabaram por tirar o zero do placar alvinegro. Junior Negão fez excelente jogada pela direita, foi a linha de fundo e cruzou, Selmir oportunista apenas escorou.

O gol que poderia acalmar as coisas para o ABC não ajudou dessa maneira, 10 minutos após o empate o Fortaleza aproveitou um bate-rebate na zaga para pular na frente, gol de Nicácio.
O primeiro tempo foi até o final sem maiores sobressaltos, o Fortaleza contente com o empate e o ABC com pouca força ofensiva.

O segundo tempo começou sem grandes mudanças táticas. Flávio Lopes tinha que mudar algumas peças da equipe, somente com as entradas de Ricardinho no lugar de Selmir e Fausto no lugar de Augusto Recife, o time começou a impor um novo ritmo de jogo.

Junior Negão e Ricardinho comandaram a virada alvinegra no segundo tempo; primeiro Tucho lança na área J. Negão que toca por cima do goleiro rival, depois Negão lançou Ricardinho que tocou na saída do goleiro.

Após a virada o ABC passou a massacrar o adversário, ao todo foram duas bolas na trave e mais duas chances claras de ampliar. O castigo era eminente, o “quem não faz leva” nunca foi tão verdadeiro. Aos 47 minutos o ABC levou o castigo, Luiz Carlos marcou de cabeça em mais um erro de posicionamento da zaga.

O resultado em si não foi bom para o ABC, mas também não foi desastroso, exatamente por que um concorrente direto, no caso o Fortaleza, não conseguiu deslanchar abrir pontos em relação ao alvinegro. O futebol apresentado foi bom, mas algumas peças do meio não jogaram a contento no primeiro tempo.

O próximo compromisso do ABC será contra o Bahia no Frasqueirão, o jogo começará as 21:50hs da terça-feira.

Ficha Técnica

Local: Estadio Castelão, Fortaleza(CE).

Árbitro: Andrey Silva e Silva (PA).
Assistente 1: Márcio Gleidson Corrêia Dias (PA).
Assistente 2: Fernando de Brito Miranda (PA).
4º árbitro: Cleston Santino Pereira (CE).

Fortaleza(3): Douglas, Dedé, João Leonardo, Paulo Paraíba, Eusébio (Welton); Coutinho, Ticão, Cristian (Marcelo Farias), Rogerinho(1); Marcelo Nicácio(1) (Renan), Luís Carlos(1).Técnico: Márcio Fernandes.

ABC(3): Raniere, Fabiano, Gaúcho, Rafael Pedro; Bosco, Augusto Recife (Fausto), Tucho, Gedeon, Sandro (Marquinhos Mossoró); Selmir(1) (Ricardinho(1)), Júnior Negão(1).Técnico: Flávio Lopes.

Photobucket

Nenhum comentário: