sexta-feira, 12 de maio de 2017

Tateando no escuro, mas com esperanças


Depois de um longo e tenebroso inverno, volto a escrever umas breves linhas no BPA

E vamos falar das perspectivas do ABC para esta Série B que começa amanhã.

Uma caminhada sem dúvida árdua, que pode se tornar um tédio, caso o time mantenha o mesmo histórico das últimas campanhas, ou ser algo espetacular, caso o ABC finalmente entre na disputa pra valer, brigando pelo sonhado acesso a Série A.

O discurso da diretoria finalmente parece afinado para que o ABC lute pra valer. E a diretoria tem que vender o acesso, para assim o torcedor deixar o comodismo de lado e vir apoiar o time no Frasqueirão.

A prática no entanto, ainda é diferente. Explico.

O ABC ganhou o 54o Estadual, porém o time não encontrou um adversário realmente a altura. Por isso que falo que o ABC estréia na Série B tateando no escuro, pois nós torcedores não temos a exata noção do potencial do nosso time. 

É fato que ele engrossou o caldo contra o São Paulo na Copa do Brasil, mas terá esse mesmo desempenho nas 38 rodadas?

O Estadual desse ano tecnicamente foi um dos mais fracos, e a supremacia do ABC foi esmagadora. Com o time que tinha em comparação com a concorrência, o 54o foi meio que uma obrigação do Mais Querido. Ou seja, o Estadual foi um mero sparring para nosso time.

O fator que mais preocupou foi o desempenho ruim na Copa do Nordeste, embora tenha ficado a impressão de que o ABC praticamente abdicou de lutar por esta competição.

Mesmo assim, tenho esperança e fé que 2017 possa ser o divisor de águas do ABC na Série B. Que os dirigentes abandonem definitivamente aquela mentalidade de ficar vários anos para somente depois disputar a Série A. A luta pela Série A tem que ser uma constante, pois só assim a Frasqueira chegará junto.

Gustavo Lucena

Nenhum comentário: