sábado, 13 de maio de 2017

Sem graça, sem vitória

O placar sem gols foi justo, nenhuma das duas equipes jogou para vencer. 

Torcida chegando ao Frasqueirão (Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte )

Na primeira etapa o ABC empurrado por uma torcida empolgada foi ao ataque. Durante os primeiros vinte minutos de jogo o Alvinegro tentou, de maneira desordenada é verdade, ir para cima e sufocar o adversário. O problema persistiu pelo jogo todo. É que a bola partia da defesa e sem grandes articulações acabava perdida por Gegê ou Erivelton. Pior, sempre que chegava em Nando, a bola vinha muito fora da área ou no pescoço. Quando o Paraná conseguiu igualar as condições de jogo com forte marcação no meio campo o ABC ficou limitado em suas ações. Tanto é assim que o ABC só veio ter chance real de jogo apenas no segundo tempo.

Baixo publico para a estreia (Foto Instagram Papo Alvinegro

A grande chance do jogo foi de Echeverria, quando em uma bola parada a bola sobrou para ele na frente do goleiro. No susto o Paraguaio não conseguiu domínio nem ao menos desviar para o gol tirando do adversário. Outra chance de gol não teve.

Echeverria perde gol em cima do goleiro. (Foto: Andrey Torres)
Apenas no finzinho do segundo tempo é que alguma coisa voltou a acontecer, além da paralisação pela falta da ambulância. Quando Dalberto entrou no jogo, mesmo de maneira desordenada, o ABC ganhou em vontade pelo lado direito. Algumas oportunidades começaram a surgir por que Dalberto transborda em vontade, suprindo a deficiência técnica visível. Pardal que havia entrado no ligar de Echeverria, pouco fez. Como eu disse, o jogo foi péssimo. A torcida que fica é pela melhora técnica e de entrosamento quando os contratados entrarem em campo.

Final de jogo. (Foto: Instagram PapoAlvinegro)

Destaque?


Num jogo em que o ABC e o Paraná praticamente não chutaram em gol, realmente é missão impossível destacar alguém, mas eu farei.
O sistema defensivo do ABC, todos eles, Bocão, Oswaldo, Cleyton e Eltinho estiveram bem na contensão de jogo. 
O último destaque, por que está sendo difícil achar algo bom no jogo, foi Dalberto. Entrou no lugar de Erivelton e deu um bom calor na defesa do Paraná. Não é grande jogador, mas sempre que entra cria um salseiro na defesa adversaria.

O ABC volta a campo no sábado, dia 20 quando visitará o Internacional no Beira Rio. O jogo começará as 19:00hrs. 

Ficha Técnica


ABC 0X0 PARANÁ

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 3.214 torcedores.

Arbitro: Jose Padovani de Andrade - ES (CBF)
Assistente 1: Leonardo Mendonca - ES (CBF)
Assistente 2: Valberson Braz Zanotti - ES (CBF)
4º Arbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo - RN (CBF)

ABC: Edson, Bocão, Oswaldo, Cleyton e Eltinho; Anderson Pedra, Guedes, Erivelton (Dalberto), Gegê e Echeverria (Adriano Pardal); Nando (Mancha). Técnico: Geninho.

Paraná: Léo, Cristovam, Eduardo Brock, Rayan e Junior; Gabriel Dias, Zezinho, (Johnny), Guilherme Biteco (Minho) e Renatinho; Robson (Murilo Rangel) e Daniel Moraes. Técnico: Cristian de Souza.

Acessem:

Curtam Facebook Papo Alvinegro
Sigam Twitter @opapoalvinegro
Sigam Instagram Papo Alvinegro
Enviem E-mail: papoalvinegro@gmail.com

Nenhum comentário: