Pular para o conteúdo principal

A salva é nossa

Mesmo sem gols, o ABC confirmou mais um título no Frasqueirão. Depois do da vitória por 1 a 0 em Ceará-mirim, o 0 a 0 contra o Globo no Frasqueirão confirmou o 54º título Potiguar para o ABC.

Artilheiro Nando com a Salva (Foto: @abcfc)
O jogo foi muito estudado no primeiro tempo e muito nervoso no segundo. O ABC poderia sem sombra de dúvidas ter aberto o marcador no primeiro tempo, com algumas oportunidades salvas de maneira espetacular pelo goleiro adversário. Guedes recebe bola enfiada, mas antes o goleiro se antecipa e faz a defesa. No lance seguinte, depois em cruzamento goleiro tira o gol da cabeça de Nando. Na última grande chance de gol Guedes recebe bola e fuzila o goleiro que bem posicionado fez a defesa. Até os 30 minutos do primeiro tempo o Globo só se defendeu. A tática do adversário era clara, defender o 0 a 0 no primeiro tempo e tentar sufocar o Alvinegro no segundo. 

Goleiro Rafael tirando o gol da cabeça de Nando (Foto: @abcfc)
No segundo tempo o ABC é que esperou o Globo, que se aproveitou, mas sem qualidade na frente. O Globo dominou as ações só que não conseguiu chuta em gol. Por sua vez o Alvinegro não atacou como a torcida queria e de alguma maneira decepcionou quem esperava uma final com gols ABCdistas. Em chances reais de gol, apenas uma mesmo e do Globo, quando Romarinho bateu cruzado e Edson desviou. O jogo estava tão amarrado e tenso, que o destaque mesmo do segundo tempo foi a confusão que Echeverria cavou desde o começo do jogo. Bololo no ataque Alvinegro, Echeverria cutuca o adversário e acaba agredido. Expulsos Echeverria para o ABC e Jamerson do Globo.

O 0 a 0 foi justo, Salva entregue na mão de Oswaldo e torcida comemorando. Algo mais a dizer?

Destaque


O grande destaque do jogo foi o goleiro Rafael do Globo, não que o jogo tenha sido difícil para o Globo, mas no primeiro tempo ele fez pelo menos duas defesas extraordinárias. Jogou demais. 
Osvaldo e Cleyton, a dupla de zaga do ABC casou bem no final do estadual. Ontem mais uma vez não deram chances ao adversário.
Anderson Pedra ontem jogou o jogo todo e mostrou que bem fisicamente ele será peça fundamental para o ABC na B.

O ABC agora só volta a jogar no dia 13 de maio, num sábado as 16:30hs, contra o Paraná. Jogo valido pela primeira rodada da Série B. 

Ficha Técnica


ABC 0X0 GLOBO

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 12.210 torcedores.

Arbitro: Caio Max Augusto Vieira.
Assistente 1: Vinicius Melo de Lima.
Assistente 2: Jean Marcio dos Santos 
4º Arbitro: Suelson Diógenes de F. Medeiros.

ABC: Edson, Arês (Tiago Sala), Oswaldo, Cleyton e Marquinhos; Anderson Pedra, Felipe Guedes, Erivelton (Adriano Pardal), Echeverria e Gegê; Nando (Caio Mancha). Técnico: Geninho.

Globo: Rafael, Angelo, Negretti, Jamerson e Renatinho Carioca; Leomir, Pablo Oliveira (Geovanni) e Thiago Lima; Bismack (Luizão), Glaucio (Renatinho Potiguar) e Romarinho. Técnico: Luizinho Lopes. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 40 maiores artilheiros da Seleção Brasileira

Uma Seleção como a Brasileira, com cinco conquistas Mundiais, vários títulos em todas as esferas do futebol, só poderia ter uma lista interminável de artilheiros. O Sexta da Copa de hoje trás a lista dos 40 maiores artilheiros da Seleção Brasileira. 
Pois bem, a lista é eclética, atravessando o período do amadorismo e profissionalismo, superando guerras e se rendendo ao marketing esportivo.


O grande destaque desta lista é o “Negão”, maior artilheiro da nossa Seleção, 95 gol em 114 jogos, em aproximadamente 15 anos vestindo a amarelinha. O topo da tabela é povoada por casos como o de Pelé, Ronaldo, Zico e Bebeto estiveram a serviço da CBF quase que toda a carreira profissional. 
Romário é um caso a parte, venceu o mundial de 94 mas ficou de fora da seleção entre 91 e 93, além de mesmo sendo artilheiro do Brasil entre 1998 e 2002 ter ficado fora das listas de convocação. Mesmo assim o baixinho ainda marcou 55 gols pelo Brasil.
Chama a atenção também os casos excêntricos, como os artilh…

Distintivos têm que ser bem feitos(6)

Dando continuidade aquele projeto que comecei em janeiro de 2010 eu publico mais 10 distintivos de clubes e times do nosso Estado. Lembrando que a intensão desse trabalho é disponibilizar distintivos de boa qualidade na internet, coisa rara. 
Na sequencia temos; Potiguar EC (Parnamirim), SC Parnamirim, Asas EC (Parnamirim), CE Força e Luz (Natal)(V), CE Força e Luz (Natal)(N), C Ferroviário N (Natal), Guamaré EC, Areia Branca FC, SE Pitimbu e União SC (Natal).
O link das postagens anteriores são essas aqui. Postagem 1 (Clique Aqui) Postagem 2 (Clique Aqui) Postagem 3 (Clique Aqui) Postagem 4 (Clique Aqui) Postagem 5 (Clique Aqui)

Quem tiver alguma sugestão, deixe seu recado com uma imagem do distintivo e alguma informação sobre ele.

E-mail: papoalvinegro@gmail.com
Twitter: @oPapoAlvinegro











Distintivos têm que ser bem feitos (23)

Mesmo com o blog mal parado eu publico agora a 23ª edição do Distintivos têm que ser bem feitos. Mais uma vez reproduzindo os distintivos de times do interior do RN com qualidade melhor que as encontradas na internet. Criando um arquivo de imagens importante para quem faz futebol e futsal no nosso quinhão de terra.
Na sequencia temos; A. C. E. Vieirense de Marcelino Vieira/RN, a versão atual na camisas do Alecrim F.C. de Natal, Cruzeiro do Sul de Nísia Floresta/RN, a versão atual do Santa Cruz de Natal, São José E.C. de Rodolfo Fernandes/RN e para finalizar União Sport Club.
Quem quiser pode deixar a sua indicação de escudo nos comentários ou no e-mail papoalvinegro@gmail.com
Os links das postagens anteriores são essas aqui.

Postagem 1 (Clique Aqui) Postagem 2 (Clique Aqui) Postagem 3 (Clique Aqui) Postagem 4 (Clique Aqui) Postagem 5 (Clique Aqui)  Postagem 6 (Clique Aqui)  Postagem 7 (Clique Aqui) Postagem 8 (Clique Aqui) Postagem 9 (Clique Aqui) Postagem 10 (Clique Aqui) Postagem 1…