segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Eu estou com Judas Tadeu e não abro

A escolha do novo presidente do ABC não é uma decisão fácil. Vários fatores precisam ser analisados já que as opções são diferentes e a situação é grave.

Por que não voto em José Adecio:

Não voto nele por que até outro dia Adecio se mostrava contrário aos rumos que o Alvinegro havia seguido. De duas semanas para cá o discurso mudou muito, passou de um opositor atuante para um situacionista enrustido. Se prestando ao trabalho de fazer coro junto a situação contra Judas Tadeu. Não me surpreenderia se o deputado de carreira apresentar ao TRE/RN no próximo pleito visando vaga na Assembleia Legislativa, doação de alguma farmácia, construtora ou até mesmo escola.  

Por que não voto em Fabiano Teixeira:

Não conheço Fabiano, não sei dizer se é bom empresário nem consigo afirmar se ele é bom Prefeito em Serrinha/RN. O problema de Fabiano Teixeira só é um.... ele concorre com o apoio dos que entregaram o ABC as dívidas, penhoraram o Frasqueirão e transformaram um Clube recordista de títulos estaduais em chacota. Como confiar? Muitos usam a experiência do pai de Fabiano, Ferdinando Teixeira, como parâmetro positivo já que obviamente Ferdinando irá contribuir em sua possível gestão. Eu me pergunto se essa ajuda será como a que Ferdinando deu quando era gerente remunerado em 2014, que passou em branco no estadual, não conseguindo vencer nenhum turno e muito menos conseguindo a vaga na Copa do Nordeste. Na Copa do Brasil foi eliminado pelo Novo Hamburgo na segunda fase, tendo classificação revertida ao ABC na Justiça Desportiva e no Brasileiro da B escapou do rebaixamento na penúltima rodada. Quem apoia Fabiano; Rubens Guilherme e Silvio Bezerra que nos últimos dois anos entregaram o Clube na mão de empresários e políticos. Paiva Torres que muitos atribuem ser o mentor do plano de endividamento do Alvinegro. Além da transformação do ABC em balcão de negócios espúrios. E além deles, Rogério Marinho que comandou o ABC em todo o caminho até a Série C. Só com essa patota já dá para abrir um instituto correcional. Pessimamente acompanhado, Fabiano não merece meu apoio.

Por que apoio Judas Tadeu:

Eu escolho Judas Tadeu, por que dentre os nomes envolvidos no pleito, Tadeu é sem sombra de dúvidas o melhor e mais preparado para comandar o Alvinegro. Tadeu foi por 11 anos presidente do ABC e ninguém o viu impedindo quem quer que seja de circular dentro do ABC. Posso estar enganado, mas percebo que Tadeu evoluiu como pessoa nos últimos 6 anos, principalmente por que foi tratado diversas vezes como párea dentro do ABC e nunca abandonou o Clube e a torcida. Diferente do seu antecessor, eu duvido que Tadeu abandone o ABC, ou muito menos deixar o Clube largado a própria sorte. Acredito também que ele já percebeu que o futebol mudou muito, que a maneira de tratar o futebol está mais sórdida. Eu critiquei demais Judas Tadeu quando de sua saída do ABC, eu repetiria tudo o que disse. Mas faço aqui a minha mea culpa, até por que quem o substituiu regrediu o status quo muito mais que progrediu. Outro fator que para mim é a principal marcar de Tadeu é a relação com a torcida. Com ele a torcida sempre foi respeitada e valorizada, mesmo que houvesse atrito.

A escolha em Tadeu é simples de entender, Vitorioso, Experiente e Responsável. Não é santo, mas é o que o ABC precisa para seguir em frente.

Nenhum comentário: